Escolha as suas informações

Taina Bofferding destaca passos de acção para a igualdade salarial nas empresas
Luxemburgo 17.09.2021
Igualdade

Taina Bofferding destaca passos de acção para a igualdade salarial nas empresas

Igualdade

Taina Bofferding destaca passos de acção para a igualdade salarial nas empresas

Foto: Chris Karaba
Luxemburgo 17.09.2021
Igualdade

Taina Bofferding destaca passos de acção para a igualdade salarial nas empresas

A propósito do dia Internacional da Igualdade Salarial, celebrado a 18 de setembro, a ministra para a Igualdade entre Mulheres e Homens, Taina Bofferding, recorda-nos a importância de ultrapassar as lacunas ainda existentes.

A igualdade de remuneração entre mulheres e homens deve ser uma questão natural. Está ancorado na lei luxemburguesa. Qualquer desigualdade é sancionada como um delito. Estas são palavras do governo do Luxemburgo em comunicado enviado às redações.  

No entanto, os desequilíbrios e as injustiças persistem diariamente. Nos últimos anos, segundo dados do governo a propósito de diversos estudos internacionais, o Luxemburgo conseguiu reduzir a diferença de remuneração entre mulheres e homens para uma diferença de 1,6% sobre o salário horário bruto.

Segundo um estudo recente do Statec, existem ainda diferenças significativas entre setores de atividade. O salário médio anual é de 67,675 euros para os homens e 62,829 euros para as mulheres. 

"As diferenças injustificadas não podem ser toleradas. Desvalorizam o trabalho feito, lembrando-nos do tempo em que o trabalho das mulheres era visto como 'uma adição' ao salário do cônjuge", nota Taina Bofferding. Para encorajar a acção e ultrapassar as disparidades salariais entre homens e mulheres, a ministra propõe uma série de instrumentos. Em particular, através do programa Acções Positivas, que ajuda as empresas a fazer um balanço das suas práticas e a verificar a sua política salarial. 


LIST assina acordo para igualdade de género no centro de pesquisa
A ministra da Igualdade entre mulheres e homens, Taina Bofferding, e o Instituto de Ciência e Tecnologia (LIST, no acrónimo original) assinaram um acordo que visa garantir a igualdade de tratamento de género naquele instituto de pesquisa e recrutar mais mulheres.

A ferramenta de medição LOGIB está disponível gratuitamente online e destina-se a todas as empresas com mais de 25 empregados. Permite que as empresas se avaliem em termos de igualdade salarial. 

Entretanto, o ministério anunciou ainda que acaba de reeditar e modernizar o seu guia para as PMEs. O documento ajuda as empresas com menos de 25 empregados a analisar a política salarial existente a fim de fazer um diagnóstico detalhado, verificar os desenvolvimentos internos, elaborar um plano de acção,  implementar e comunicar melhorias. 

Taina Bofferding exorta as empresas a agir: "A igualdade salarial é um elemento essencial que contribui para a satisfação e motivação do pessoal. É um elemento chave para manter um clima social saudável na empresa e para um verdadeiro reconhecimento do trabalho de todos na sociedade.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas