Escolha as suas informações

Táxis: ULC critica aumentos das bandeiradas

Táxis: ULC critica aumentos das bandeiradas

Foto: Pierre Matgé
Luxemburgo 14.01.2019

Táxis: ULC critica aumentos das bandeiradas

Susy TEIXEIRA MARTINS
Susy TEIXEIRA MARTINS
Afinal, a nova lei não trouxe o resultado esperado.

O preço da bandeirada dos táxis caiu 4,3%, entre março e julho de 2017, mas aumentou 11,2% entre julho de 2017 e dezembro de 2018.

Em média, isto dá um aumento de 6%, fortemente contestado pela União Luxemburguesa dos Consumidores (ULC).

“A lei que entrou em vigor a 3 de setembro de 2016 apontava para uma queda dos preços, através da liberalização dos tarifários, mas aconteceu precisamente o contrário”, sublinha a ULC.

“Na altura, o Governo estava convicto que a concorrência ia provocar uma descida dos preços mas foi desmentido pela realidade”.

A ULC sublinha, também, que os preços praticados no Luxemburgo são dos mais altos da Europa e pede ao ministro da Mobilidade, François Bausch, que faça um novo estudo sobre o setor e reveja a legislação, em prol dos consumidores.


Notícias relacionadas

Mesma viagem de táxi tem 20 preços diferentes no Luxemburgo
O mesmo percurso, à mesma hora, mas com preços diferentes. No Luxemburgo, uma viagem de táxi de dez quilómetros tem 20 tarifas diurnas diferentes, variando entre os 22,50 euros e os 45 euros. Uma situação que se deve à liberalização do mercado dos táxis.