Escolha as suas informações

Syvicol quer que comunas sejam advertidas em caso de evolução pandémica
Luxemburgo 19.02.2021

Syvicol quer que comunas sejam advertidas em caso de evolução pandémica

Emile Eicher

Syvicol quer que comunas sejam advertidas em caso de evolução pandémica

Emile Eicher
Foto: Chris Karaba
Luxemburgo 19.02.2021

Syvicol quer que comunas sejam advertidas em caso de evolução pandémica

Susy MARTINS
Susy MARTINS
O sindicato das comunas, o Syvicol, quer que as autarquias sejam advertidas, caso haja um aumento de casos de covid-19 no seu território.

Em declarações à RTL, o presidente do Syvicol, Emile Eicher, diz que o Governo deveria criar um sistema de pré-alerta e avisar as comunas quando o número de casos está a aumentar numa determinada comuna, ou até mesmo num bairro. 

Segundo o líder sindical, basta estar atento às análises das águas residuais e alertar os responsáveis das comunas, caso o aumento de novos casos comece a ser preocupante.

Para Eicher, é importante que as comunas possam ser proativas, uma vez que muitas das vezes os ateliers de tempos livres (maisons relais) e as creches são geridos pelas autarquias. Ao poder antecipar o encerramento das estruturas, por exemplo, isso ajudaria, segundo Eicher, a evitar problemas de organização.

Ora, atualmente as comunas só são informadas, quando as medidas já foram decididas. O presidente do Syvicol lamenta que em muitos casos seja a comunicação social a informar que há um problema nas escolas e não as próprias autoridades.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas