Escolha as suas informações

"Ministra mentirosa". Piratas voltam à carga sobre Corinne Cahen e a gestão da pandemia nos lares
Luxemburgo 22.07.2021
Surtos nos lares

"Ministra mentirosa". Piratas voltam à carga sobre Corinne Cahen e a gestão da pandemia nos lares

Surtos nos lares

"Ministra mentirosa". Piratas voltam à carga sobre Corinne Cahen e a gestão da pandemia nos lares

Foto: Guy Jallay/Luxemburger Wort
Luxemburgo 22.07.2021
Surtos nos lares

"Ministra mentirosa". Piratas voltam à carga sobre Corinne Cahen e a gestão da pandemia nos lares

Catarina OSÓRIO
Catarina OSÓRIO
"Não. Sim. Ohhhh #ministra mentirosa", escreveu o presidente honorário do partido nas redes sociais esta semana.

O Partido Pirata voltou na quarta-feira à carga no caso dos surtos nos lares de idosos do país. Depois da investigação independente de Jeannot Waringo ter concluído que houve alguma "confusão" na gestão da pandemia nestes locais e dos pedidos de demissão da Ministra da Família, Corinne Cahen, o Partido Pirata voltou às críticas ao caso no Parlamento. 

Nas declarações feitas durante o balanço do ano político dos Piratas, o deputado Seven Clement acusou novamente Cahen de ter mentido sobre o assunto e falou em "factos alternativos" e "Trumpismo de primeira classe", citado pela imprensa luxemburguesa. 

E na terça-feira passada, Sven Clement já tinha usado a rede social Twitter para criticar duramente a ministra da Família. Na mensagem, onde postava um vídeo da própria em entrevista à rádio 100.7, Clement escreveu "Não. Sim. Ohhhh #ministra mentirosa".

Nas declarações à rádio pública Corinne Cahen referiu que não tinha tomado uma posição na Câmara dos Deputados porque ninguém tinha questionado a própria sobre o caso, o que Sven Clement considera mentira.

A 13 de julho os quatro partidos da oposição (CSV, ADR, Déi Lénk, Partido Pirata) assinaram uma moção que pedia a demissão da ministra da Família e da Integração, no seguimento das conclusões do relatório sobre os surtos covid-19 nos lares. Uma proposta já rejeitada pela própria considerando que a oposição se está a aproveitar da crise sanitária para atacar o executivo.


Relatório conclui que houve alguma "confusão" na gestão da pandemia nos lares
Estudo independente foi pedido pelo Governo depois de várias críticas às ministras da Saúde e da Família na gestão da pandemia nos lares.

Uma das conclusões do estudo é a de que houve alguma "confusão" no que respeita às recomendações emitidas pelos ministérios tanto da Saúde como da Família. Segundo o relatório, por vezes as recomendações não eram claras, sobretudo no que diz respeito às responsabilidades atribuídas.    

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas