Escolha as suas informações

Surtos nas escolas duplicaram na última semana
Luxemburgo 27.01.2022
Relatório semanal

Surtos nas escolas duplicaram na última semana

Relatório semanal

Surtos nas escolas duplicaram na última semana

Foto: AFP
Luxemburgo 27.01.2022
Relatório semanal

Surtos nas escolas duplicaram na última semana

Ana Patrícia CARDOSO
Ana Patrícia CARDOSO
Número de novos casos na comunidade escolar correspondeu a metade do total de casos no país na semana passada.

O número de casos positivos no Luxemburgo tem aumentado nas últimas semanas, por causa da variante Omicron, e os mais novos também foram afetados.  

De acordo com o relatório semanal do Ministério da Saúde, durante a semana de 17 a 23 de janeiro, 68 turmas foram afetadas pelo cenário 4, considerado o mais grave, com mais de cinco casos positivos por classe. O dobro da semana anterior, em que tinham sido registados 34.

Os surtos dividem-se por 43 escolas básicas e oito escolas secundárias, com grande incidência na região norte (Nordstad), e nas cidades de Remich, Pétange, Differdange, Sanem, Esch/Alzette e Dudelange. A capital também está incluída na zona 'mais escura' no que toca ao número de casos. Todos os alunos que não estavam vacinados ou recuperados tiveram de ficar em quarentena, sem poder ir às aulas. 


Sindicato dos professores critica fim da quarentena no ciclo 1 do ensino fundamental
O sindicato relembra que no ciclo 1, a maioria das crianças não estão vacinadas e que também não há obrigatoriedade de usar máscara de proteção ao contrário dos ciclos 2 a 4.

Durante o período analisado, foram contabilizados 7.417 casos positivos nas escolas - 4.487 no básico e 2.920 no secundário - um aumento significativo em comparação com a semana anterior, em que se registaram 4.922 casos. 

Os mais de sete mil casos representam, assim, mais de metade do número total de novas infeções na população em geral na última semana,

No balanço geral da população, entre 17 a 23 de janeiro, foram detetadas 15.293 infeções do coronavírus. 29.701 pessoas ficaram em isolamento, mais 31% que na semana anterior, e 14.999 tiveram de fazer quarentena, um aumento de 71%.   


Luxemburgo. Novos casos são mais do dobro entre os não vacinados
O boletim do Ministério da Saúde mostra também que na última semana o maior aumento no nível de incidência verificou-se no grupo etário dos 75 e mais anos, onde cresceu 91%.

Os novos casos de infeção são mais do dobro entre os não vacinados. Ao contrário do balanço anterior, na semana de 17 a 23 de janeiro os números da incidência (número de novos casos por dia) de covid-19 dispararam, atingindo sobretudo as faixas etárias mais velhas. 


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas