Escolha as suas informações

Surto em ATL da Escola Vauban coloca alunos em quarentena
Luxemburgo 23.09.2021
Educação

Surto em ATL da Escola Vauban coloca alunos em quarentena

Educação

Surto em ATL da Escola Vauban coloca alunos em quarentena

Foto: Pierre Matgé
Luxemburgo 23.09.2021
Educação

Surto em ATL da Escola Vauban coloca alunos em quarentena

Paula SANTOS FERREIRA
Paula SANTOS FERREIRA
Dois professores e oito alunos testaram positivo à covid-19 na semana passada no ATL. O foco de infeção abrangeu seis turmas. Quem não estava vacinado foi para casa de quarentena.

O ATL escolar que acolhe alunos do grupo da Escola Vauban e do Liceu Francês do Luxemburgo foi na semana passada afetado por um surto de infeções covid entre alunos e professores.

De acordo com o relatório semanal do Ministério da Saúde sobre a pandemia no país, “dois professores e oito alunos de dois grupos do foyer escolar, compostos por estudantes de várias classes de CE2 (curso elementar 2º ano) de Vauban, foram diagnosticados positivos” entre os dias 11 e 17 de setembro.

Tendo em conta o elevado número de casos e “a mistura de alunos das turmas CE2 (entre os 6 e os 9 anos) nos dois grupos do foyer da escola houve necessidade de colocar adultos e crianças em quarentena.  As “pessoas não vacinadas ou não recuperadas de infeção” dos dois grupos do ATL e de seis classes de CE2 da Escola de Vauban foram para casa.

O caso de múltiplas infeções no ATL já pertence ao cenário 4 do plano sanitário covid para as escolas, o mais grave, quando “uma cadeia de infeção numa escola abrange várias classes ou uma classe com mais de cinco casos”.


Luxemburgo. 31% das novas infeções em pessoas com vacinação completa
Por outro lado, nenhum paciente dos cuidados intensivos estava vacinado contra a covid-19, refere o balanço semanal mais recente.

Com o regresso à escola as infeções tendem a aumentar. Na semana de 13 a 19 de setembro, o maior crescimento de infeções ocorreu na faixa etária entre os 0-14 anos, mais 30% do que na semana precedente, indica o relatório do Ministério da Saúde.

Recorde-se que nas escolas do Luxemburgo, os alunos e professores são testados duas vezes por semana.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas