Escolha as suas informações

Sondagem. Residentes no Luxemburgo confiam no Governo
Luxemburgo 25.11.2022
Politmonitor

Sondagem. Residentes no Luxemburgo confiam no Governo

Politmonitor

Sondagem. Residentes no Luxemburgo confiam no Governo

Foto: Marc Wilwert/Luxemburger Wort
Luxemburgo 25.11.2022
Politmonitor

Sondagem. Residentes no Luxemburgo confiam no Governo

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Apesar da crise e do aumento dos preços, 79% dos inquiridos declaram estar numa boa situação financeira.

A maioria da população residente no Luxemburgo (51%) diz-se favorável a um teto máximo da indexação salarial para fazer face à inflação. Este é um dos resultados da segunda parte da sondagem Politmonitor, realizada pelo instituto TNS/Ilres para o Luxemburger Wort e a RTL. Um inquérito realizado entre 7 e 14 de novembro.


Um em cada cinco residentes já foi vítima de fraude bancária
De acordo com o Statec, os jovens são os mais afetados tanto por roubos como por fraudes.

Apesar da crise e do aumento dos preços, 79% dos sondados declaram estar numa boa situação financeira. Em contrapartida, para 18% a situação considerada como má.

No entanto, relativamente às finanças, 37% da população respondeu que sentia uma degradação na sua situação, nos últimos seis meses, sendo que 43% afirmaram ter de “apertar o cinto”. 

É sobretudo no orçamento das férias, ou do consumo de energia, saídas a restaurantes ou cafés que as pessoas tentam limitar as despesas. Mas como remediar a esta situação? Para 71% dos sondados deveria ser criado um imposto sobre os lucros dos produtores de energia. Em segundo lugar, surge a adaptação da tabela fiscal à inflação (70%). 


Paulette Lenert é a figura política mais popular do Luxemburgo
A ministra da Saúde mantém a posição que ocupa desde julho de 2020, altura em que assumiu a pasta.

E em terceiro, uma isenção fiscal para os pequenos e médios salários (67%).Uma pequena maioria da população residente no Luxemburgo (51%) diz-se favorável a um teto máximo da indexação salarial para fazer face à inflação. Já 35% demonstram-se contra essa ideia.

Note-se que as diferentes crises não abalaram a confiança que os residentes têm no Governo luxemburguês. Segundo a sondagem, 55% dizem ter confiança. Há seis meses, a percentagem era de 51%.(Susy)  

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.