Sondagem Politmonitor

Maioria dos residentes acha que Governo controla situação do país

A atual coligação governamental DP/LSAP/os Verdes continua a a controlar a situação do país.
A atual coligação governamental DP/LSAP/os Verdes continua a a controlar a situação do país.
Foto: Chris Karaba

A maioria dos residentes acredita que a atual coligação governamental DP/LSAP/os Verdes controla a situação do país. De acordo com a mais recente sondagem Politmonitor, publicada esta terça-feira, o número de residentes que dá o voto de confiança ao Governo continua a aumentar, apesar de o maior partido da oposição, os cristãos-sociais do CSV, continuar a ser a força política que inspira maior confiança aos luxemburgueses.

Segundo a sondagem Politmonitor, encomendada pelo Wort e pela RTL, 66% dos residentes diz que o Governo controla a situação do país e 31% diz que não, um aumento de três pontos percentuais face à última sondagem de maio deste ano (63% acreditavam que o Governo controlava a situação do país e 36% diziam que não).

Esta é uma tendência que tem sido registada semestralmente desde novembro de 2014, quando na altura apenas 35% acreditava que o Governo controlava a situação do país.

Os residentes mostram um forte interesse geral pela política do Grão-Ducado. Do total de inquiridos, 13% tem todo o interesse (+1% em relação ao mês de maio), 30% tem um forte interesse (+3%) e 37% mostra algum interesse na política do país (-4%). Pela negativa, 15% mostra pouco interesse (-1%) e 4% nenhum interesse.

Maioria satisfeita com situação económica

Questionados sobre a atual situação económica do Luxemburgo, a maioria dos inquiridos mostrou-se satisfeito. Do total, 87% (86% no mês de maio) avalia de forma positiva a sua atual situação pessoal e familiar, enquanto 88% (igual a maio) avalia também como positiva a atual situação económica do país. Tanto num como noutro caso, a tendência é de evolução comparativamente com os últimos anos.

CSV continua a ser o partido que inspira maior confiança

Sobre os partidos, a sondagem Politmonitor aponta que os cristãos-sociais do CSV são os que inspiram maior confiança aos residentes no Grão-Ducado, com os mesmos 36% registados no mês de maio.

Os liberais do DP aparecem em segundo lugar com 15% (12% em maio), seguidos pelos socialistas do LSAP com 13% (12% em maio), os Verdes (que mantêm os 9%), déi Lénk com 4% (3% em maio), ADR (os mesmos 3%), e Partido Pirata (com os mesmos 1%).

Questionados sobre o grau de confiança que depositam em diferentes instâncias políticas, os sindicatos são a classe que recebe mais confiança (51) do que desconfiança (40). Seguem-se o Governo (49/46) e a oposição (48/44).

Quem recebe mais desconfiança do que confiança são o patronato (40/47) e os partidos políticos em geral (45/48).

A sondagem Politmonitor foi realizada entre 9 e 21 de novembro. O instituto de sondagens utilizou uma amostra constituída por 1.020 pessoas com mais de 18 anos em todo o país. Os inquiridos responderam à sondagem por telefone (49.6%) e por internet (50.4%) via MyPanel do instituto TNS Ilres. A margem de erro é de 1.3* a 3.1** pontos (a 5%*, a 50%**).

Henrique de Burgo

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.