Escolha as suas informações

Sondagem BCL: Mais de 67% das famílias no Luxemburgo têm casa própria

Sondagem BCL: Mais de 67% das famílias no Luxemburgo têm casa própria

Foto: Shutterstock
Luxemburgo 17.05.2017

Sondagem BCL: Mais de 67% das famílias no Luxemburgo têm casa própria

Mais de 67% dos agregados familiares luxemburgueses tem casa própria, segundo uma sondagem do Banco Central do Luxemburgo (BCL).

Mais de 67% dos agregados familiares luxemburgueses tem casa própria, segundo uma sondagem do Banco Central do Luxemburgo (BCL).

O documento, que contou com a colaboração do Instituto de Investigação Socio-Económica (LISER), revela que casas, carros e outros objetos de valor representam 84,7% dos ativos reais das famílias do Luxemburgo.

A maior parte dos agregados familiares tem casa própria (67,6%), sendo que inúmeras famílias possuem outros bens imobiliários (26,3%) e objetos valiosos (25,7%), de acordo com os dados disponíveis referentes a 2014.

Em termos comparativos, estes números não diferem muito dos registados em 2010.

O valor médio dos ativos reais brutos rondava os 733.3000 euros no final de 2014.

A residência principal (59,7%) e os outros bens imobiliários (31,8%) são as duas categorias mais importantes, seguidas por empresas individuais (4,7%), veículos (2,8%) e 1,0% para os objetos de valor.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Compensa ser fronteiriço?
Têm rendimentos superiores aos residentes no seu país de residência, mas mais baixos do que os luxemburgueses. Têm casas mais baratas, mas passam mais tempo no trânsito. O Banco Central do Luxemburgo e o instituto de investigação socioeconómica tiraram uma fotografia a quem vive na Bélgica, França ou Alemanha e escolheu o Luxemburgo para trabalhar.