Escolha as suas informações

Sinistralidade rodoviária. Segunda vítima mortal do ano vivia em Esch
Luxemburgo 12.03.2019

Sinistralidade rodoviária. Segunda vítima mortal do ano vivia em Esch

Sinistralidade rodoviária. Segunda vítima mortal do ano vivia em Esch

Foto: Guy Jallay
Luxemburgo 12.03.2019

Sinistralidade rodoviária. Segunda vítima mortal do ano vivia em Esch

O acidente aconteceu na última madrugada. As causas continuam por esclarecer.

Tinha 39 anos de idade e vivia em Esch-sur-Alzette o homem que na última madrugada perdeu a vida num acidente de viação, na A1, indicou hoje a polícia grã-ducal. 

Trata-se da segunda vítima mortal do ano nas estradas nacionais. O primeiro acidente fatal de 2019 aconteceu no dia 4 de março, na N14, entre Blumenthal e Reuland. Uma árvore derrubada pelo vento forte que se fez sentir naquela manhã atingiu a viatura do condutor em questão, que não sobreviveu aos ferimentos. O homem tinha 51 anos e era oriundo de Echternach. 

Cerca de uma semana depois, as estradas luxemburguesas voltam a ser palco de um desastre fatal. O acidente aconteceu às 03:20 desta terça-feira, na A1, sentido Luxemburgo, pouco antes da saída de Potaschberg. Em causa esteve uma colisão entre um camião e um automóvel. De acordo com a polícia, as razões do embate ainda não foram esclarecidas. 

A vítima mortal é o passageiro do veículo ligeiro, cujo condutor ficou gravemente ferido, encontrando-se para já em estado crítico. O camionista saiu ileso do acidente.

Diana Alves


Notícias relacionadas

Esta tarde: Tiros e perseguição policial em Rodange
Um carro perseguido pela polícia belga provocou um acidente em Athus e, momentos mais tarde, um novo acidente em Rodange, conseguindo fugir uma segunda vez, desta feita da polícia luxemburguesa. A perseguição envolveu tiros, mas o condutor conseguiu fugir para França.