Escolha as suas informações

Sindicato LCGB quer vacinação obrigatória parcial "rapidamente"
Luxemburgo 26.01.2022
Covid-19

Sindicato LCGB quer vacinação obrigatória parcial "rapidamente"

Covid-19

Sindicato LCGB quer vacinação obrigatória parcial "rapidamente"

Foto: AFP
Luxemburgo 26.01.2022
Covid-19

Sindicato LCGB quer vacinação obrigatória parcial "rapidamente"

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
A central sindical LCGB defende a decisão do Governo em avançar com a vacinação obrigatória para os mais de 50 anos.

Numa nota de imprensa a central sindical apoia as recomendações do grupo de especialistas consultado pelo Governo e exige mesmo que a obrigação parcial de vacinação seja implementada "rapidamente".

Os responsáveis referem que desde o início da pandemia a proteção da saúde da população e a segurança dos trabalhadores continuam entre as principais prioridades.

Com base neste princípio, a LCGB defende a introdução de medidas relativas ao direito do trabalho e ao direito social, como a estratégia de rastreio e a campanha de vacinação.


O primeiro-ministro Xavier Bettel está a preparar o projeto de lei para a imposição da vacinação obrigatória no Luxemburgo.
Xavier Bettel quer iniciar vacinação obrigatória na primavera
O primeiro-ministro deseja que a lei sobre a vacinação obrigatória, a partir dos 50 anos, entre em vigor em "maio, junho ou julho" para travar uma possível nova vaga no outono.

Face ao atual aumento de infeções, o sindicato insta o Governo a tomar decisões políticas necessárias à garantia da saúde da população e a introduzir "rapidamente" a obrigação vacinal. 

A vacinação obrigatória a partir dos 50 anos é bem vista pelo Governo de Xavier Bettel que pretende mesmo que a medida entre em vigor em "maio, junho ou julho" de forma a travar uma possível nova vaga no outono.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas