Escolha as suas informações

Segundo reforço da vacina covid para todos os residentes está a ser planeado
Luxemburgo 17.09.2022
Luxemburgo

Segundo reforço da vacina covid para todos os residentes está a ser planeado

Os residentes poderão escolher a marca da vacina que preferem tomar.
Luxemburgo

Segundo reforço da vacina covid para todos os residentes está a ser planeado

Os residentes poderão escolher a marca da vacina que preferem tomar.
Foto: dpa
Luxemburgo 17.09.2022
Luxemburgo

Segundo reforço da vacina covid para todos os residentes está a ser planeado

Redação
Redação
O diretor da Saúde do Luxemburgo anunciou que as autoridades estão a ponderar oferecer novo reforço à população. O utente poderá escolher a marca da vacina.

O diretor da Saúde,  Jean-Claude Schmit confirmou ontem à RTL que o país estuda a possibilidade de oferecer um segundo reforço da vacina covid-19 à população. As novas vacinas adaptadas à variante Omicron também chegam ao Luxemburgo, embora o acesso generalizado dependerá das entregas ao país, vincou este responsável. 

No entanto, "temos vacinas suficientes em stock, para que os cidadãos possam escolher o produto que preferem" declarou Jean-Calude Schmit. 

Em primeiro lugar, o apelo à toma da vacina deverá ser feito para as pessoas vulneráveis ou com mais de 60 anos, pois os estudos mostram a eficácia deste reforço, como lembra este responsável. 

As autoridades estão ainda a planear oferecer o reforço da covid-19 ao mesmo tempo que a vacina contra a gripe, tal como decorre em Portugal, por exemplo, dada a "boa tolerância comprovada" nas duas inoculações no mesmo momento.


Luxemburgo. Número de casos de covid-19 continua estagnado
Entre 5 e 11 de setembro, 757 pessoas testaram positivo à doença, em comparação com os 715 casos registados na semana anterior.

De acordo com o último relatório semanal da pandemia no país, os casos de covid-19 das duas últimas semanas revelam que o número de infeções mantém-se estável, com uma tendência para decrescer.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Ainda não se sabe se uma terceira dose da vacina anticovid-19 vai ser necessária, mas se for o caso, o Luxemburgo está preparado para esse facto. A garantia é dada pela ministra da Saúde, Paulette Lenert, numa resposta parlamentar ao deputado do ADR, Jeff Engelen.