Escolha as suas informações

Secretário de Estado das Comunidades: José Luís Carneiro no Luxemburgo a 12 de janeiro
José Luís Carneiro, ao centro, com Claude Meisch (à direita) e o Embaixador de Portugal no Luxemburgo, Carlos Pereira Marques (à esquerda).

Secretário de Estado das Comunidades: José Luís Carneiro no Luxemburgo a 12 de janeiro

Fotos: Guy Jallay / Contacto
José Luís Carneiro, ao centro, com Claude Meisch (à direita) e o Embaixador de Portugal no Luxemburgo, Carlos Pereira Marques (à esquerda).
Luxemburgo 05.01.2018

Secretário de Estado das Comunidades: José Luís Carneiro no Luxemburgo a 12 de janeiro

O secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro, vai estar no próximo dia 12 no Luxemburgo. A ocasião deverá ser aproveitada por José Luís Carneiro para entregar ao polícia lusodescendente Davide Sousa a condecoração dada pelo Estado português.

O secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro, vai estar no próximo dia 12 no Luxemburgo.

A informação foi avançada pela RADIO LATINA, que cita o Embaixador de Portugal no Luxemburgo, Carlos Pereira Marques.

Da agenda de trabalhos da visita de José Luís Carneiro ao Grão-Ducado consta uma reunião com o ministro luxemburguês do Trabalho, Nicolas Schmit. O tema principal em cima da mesa será a formação profissional em português.

José Luís Carneiro defende o alargamento da oferta de formação profissional em português, uma reivindicação de longa data da central sindical OGBL, que tem como objetivo garantir o acesso dos portugueses do Luxemburgo a cursos de qualificação profissional, sobretudo no setor da construção civil.

A ocasião deverá ser aproveitada por José Luís Carneiro para entregar ao polícia lusodescendente Davide Sousa a condecoração dada pelo Estado português.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Imigrantes esperam que promessa de resolver problemas de pensões não fique “em águas de bacalhau”
O secretário de Estado das Comunidades ouviu hoje queixas de imigrantes no Luxemburgo que esperam por uma resposta de Portugal para obterem a reforma, durante o encontro “Diálogos com a Comunidade”. Houve quem se queixasse de estar há dois anos à espera da pensão de sobrevivência, após a morte do marido, ou quem só precise de um ano para completar os 40 anos de descontos e obter a reforma no Luxemburgo, caso de um português que não consegue que lhe reconheçam o tempo de serviço militar.
Contacto, Merl, centre culturel portugais, José Luis CARNEIRO, secretaires d'Etat portugais photo Anouk Antony