Escolha as suas informações

Seca pode afetar colheita deste ano no Luxemburgo
Luxemburgo 12.05.2022
Alterações climáticas

Seca pode afetar colheita deste ano no Luxemburgo

Alterações climáticas

Seca pode afetar colheita deste ano no Luxemburgo

Foto: Francesco Ungaro / Pexels
Luxemburgo 12.05.2022
Alterações climáticas

Seca pode afetar colheita deste ano no Luxemburgo

Redação
Redação
Segundo o climatólogo Andrew Ferrone, as próximas duas semanas serão determinantes para saber se a colheita deste ano será boa.

O início da primavera foi extremamente seco, com a chuva e a neve a dar lugar a dias de sol com temperaturas amenas. Segundo a RTL, choveu metade do que normalmente chove no norte do Grão-Ducado, onde as culturas poderão sofrer as consequências da seca.


Seca em Portugal
Seca será "o novo normal". A culpa é do clima e de erros na agricultura
Para o responsável pela Liga para a Proteção da Natureza, há culturas que são "um erro" no sul do país, como a plantação de milho, pela quantidade de água que exige.

Andrew Ferrone explica que, a par da diminuição da chuva e da subida das temperaturas, o vento acelera a evaporação e faz com que "o solo seque mais rapidamente", o que pode agravar a situação vivida nos últimos meses. Os próximas dias serão essenciais para perceber o impacto da seca na colheita deste ano.

Diversificar as culturas

Em declarações à emissora luxemburguesa, o agricultor Kristof Baltes diz estar relativamente tranquilo, pois teve uma boa colheita no ano passado e não precisa de comprar ração extra para o gado. 

Todavia, reconhece que a seca realça a necessidade de ter em conta as alterações climáticas na gestão dos terrenos."[Podemos fazê-lo] seguindo um caminho em que utilizamos plantas e culturas menos dependentes de água", atira.


Esta imagem de arquivo mostra a desflorestação na região ocidental deste importante ecossistema
Desflorestação na Amazónia bateu recordes em abril
Os alertas de desflorestação mostram que foram desmatados 1.012 km2, o equivalente a quase 140.000 campos de futebol.

A  Administração dos Serviços Técnicos de Agricultura (ASTA) tem terras próprias onde testa a resistência de diferentes culturas à seca, como o milhete e a soja, espécies que poderão ser boas alternativas para algumas culturas do Luxemburgo, segundo Andrew Ferrone. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.