Escolha as suas informações

Saúde mental deteriorou-se durante o confinamento. Sobretudo a dos mais jovens
Luxemburgo 02.07.2020

Saúde mental deteriorou-se durante o confinamento. Sobretudo a dos mais jovens

Saúde mental deteriorou-se durante o confinamento. Sobretudo a dos mais jovens

Foto: Shutterstock
Luxemburgo 02.07.2020

Saúde mental deteriorou-se durante o confinamento. Sobretudo a dos mais jovens

Manuela PEREIRA
Manuela PEREIRA
Um em cada três residentes considera que a sua saúde mental se deteriorou durante a crise pandémica da covid-19. Esta é a principal conclusão de um estudo realizado e publicado hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (Statec).

Surpreendentemente, os mais novos são os mais afetados.

Segundo o Statec, 37% dos residentes entre os 18 e os 44 anos declaram que a sua saúde mental piorou. 


Acompanhamento psicológico. Governo antecipa aumento na procura devido à crise pós-covid
Ainda não há números concretos sobre o impacto da pandemia da covid-19 ao nível do acompanhamento e apoio psicológico, mas, segundo os ministros da Saúde e do Ensino Superior, a “situação atual parece estar a normalizar-se”. Mesmo assim, Paulette Lenert e Claude Meisch preveem que as coisas mudem nos próximos tempos.

Essa percentagem cai para 22% para as pessoas com mais de 65 anos. Os fatores mais importantes associados ao declínio da saúde mental são, neste estudo, a saúde física, o rendimento e o emprego.


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas