Escolha as suas informações

Saiba todas as restrições que vão ser impostas a partir de quinta-feira
Luxemburgo 2 min. 23.11.2020

Saiba todas as restrições que vão ser impostas a partir de quinta-feira

Saiba todas as restrições que vão ser impostas a partir de quinta-feira

Foto: Anouk Antony
Luxemburgo 2 min. 23.11.2020

Saiba todas as restrições que vão ser impostas a partir de quinta-feira

Paula SANTOS FERREIRA
Paula SANTOS FERREIRA
Xavier Bettel anunciou que o país vai entrar em confinamento parcial já a partir de quinta-feira. Saiba o que está na calha.

A epidemia parece ter ganhou esta batalha contra o Governo e apesar de todos os esforços e campanhas as infeções diárias, continuam superiores aos 500 novos casos por dia.

O primeiro-ministro anunciou hoje que o país entra  em confinamento parcial até ao dia 15 dezembro. A legislação deverá ser aprovada quarta-feira pelos deputados e as medidas deverão entrar em vigor na quinta-feira.

"Há que fechar algumas estruturas para não correr o risco de confinamento total. Abandonar agora algumas liberdades para as voltarmos a ter mais tarde. Evitar o confinamento total a todo o custo", afirmou o primeiro-ministro luxemburguês.

Cafés e restaurantes

Cafés, bares, restaurantes (Horesca) voltam a encerrar, só ficando disponível o take out.

 Atividades culturais

Cinemas e teatros fecham, ficando abertos locais como museus, bibliotecas, arquivos ou galerias de arte, ou seja, os espaços onde se possam manter os dois metros de distância.

 Desporto

As atividades desportivas em recintos fechados passam a ser proibidas, só são permitidas em grupos até quatro pessoas. Piscinas encerram. Apenas as atividades desportivas profissionais e escolares são permitidas cumprindo as normas da saúde.

Recolher obrigatório

O recolher obrigatório vai ser prolongado, sendo proibido andar na rua sem justificação, entre as 23h00 e as 6h00 da manhã.

Reuniões familiares

Cada família só pode receber em casa dois convidados simultaneamente e têm de ser familiares também ou coabitarem.

Escolas

Os alunos dos anos superiores do ensino secundário vão voltar ao sistema alternado, sendo as turmas divididas em dois grupos, um deles fica uma semana em casa com aulas por vídeo streaming e, ou outro uma semana na escola, com aulas presenciais. Depois trocam.

À exceção do ciclo 1, todos os alunos têm de usar máscara quando não estão sentados. “Assim que me mexo, coloco a máscara”.

Hospitais

Os hospitais entraram na fase 4 do plano de contingência, o que significa que vão reunir esforços e pessoal para as unidades covid-19. As consultas e cirurgias agendadas e não urgentes podem ser canceladas. E vai haver reforço de camas para os doentes infetados com o vírus da covid-19.

 Infeções vão continuar a aumentar

Na última semana, os casos de infeção continuaram acima dos 500 por dia, tendo falecido 30 pessoas nos últimos sete dias, cerca de 31% do total dos 266 óbitos dos últimos oito meses. Os internamentos continuam a aumentar, sobretudo os dos cuidados intensivos, com 199 doentes nos cuidados normais e 48 nos intensivos.

As previsões apontam para uma média de 720 infeções diárias nos próximos dias, segundo a task-force Covid-19. A curva da infeção continua volátil e com atividade muito intensa, os novos casos continuam altos, com as infeções ativas a atingir os 10 mil casos.

A taxa de duplicação das infeções é de cerca de nove dias. Pela evolução esperada a task force vinca que só com medidas restritivas e o cumprimento das regras individuais, se pode controlar a epidemia.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Luxemburgo. Mais 6 mortes e 803 novas infeções
O número de doentes nos cuidados intensivos subiu esta quinta-feira para 36 internados, nos restantes serviços encontram-se 193 doentes. A fase 4 do plano de contingência hospitalar pode ser acionada e amanhã o conselho do governo pode tomar decisões.