Escolha as suas informações

Saiba qual é a profissão mais procurada no Luxemburgo
Luxemburgo 21.08.2019 Do nosso arquivo online

Saiba qual é a profissão mais procurada no Luxemburgo

Saiba qual é a profissão mais procurada no Luxemburgo

Luxemburgo 21.08.2019 Do nosso arquivo online

Saiba qual é a profissão mais procurada no Luxemburgo

A Adem apresenta a lista das 10 profissões mais requisitadas. Em julho tinha 7.945 postos de trabalho disponíveis para desempregados.

A profissão de contabilista foi a mais procurada no Luxemburgo no passado mês de julho. Esta é a conclusão da análise mensal feita pela Adem e divulgada esta terça-feira pelo Statec.

Informática e serviços jurídicos, ocuparam, respetivamente, o segundo e terceiro lugar das áreas com profissionais  mais requisitados pelos empregadores do Grão-Ducado. Veja em baixo o ranking das 10 profissões com maior procura no mês passado.

Em julho,  existam 15 668 pessoas candidatas a um emprego, no país, indica o Statec. 

Um número que aumentou em relação a junho, com a candidatura de mais 631 pessoas, e que também foi superior ao verificado no mesmo mês de 2018. Num ano, a taxa de desemprego aumento, 2,7 %.

De acordo com o Statec, a taxa de desemprego, ajustada sazonalmente, é de 5,5 %.

Mas atenção. No final de julho, a Adem tinha 7.945 postos de trabalho disponíveis para candidatos a empregos.

As profissões mais requisitadas

Aqui fica a lista das 10 profissões mais procuradas em julho:

Contabilidade: 223 postos de trabalho

Estudos e desenvolvimento informático: 125 postos de trabalho

Defesa e conselho jurídico: 90 postos de trabalho

Análise de crédito e riscos bancários: 89 postos de trabalho

Serviços de restauração: 88 postos de trabalho

Secretariado: 87 postos de trabalho

Organização e gestão de empresas: 86 postos de trabalho

Pessoal de cozinha: 82 postos de trabalho

Empregada de loja de vestuário: 82 postos de trabalho

Trabalhador para empresas de construção de estradas: 77 postos de trabalho


Notícias relacionadas

A taxa de desemprego diminuiu novamente em agosto, fixando-se agora nos 5,5%. No mesmo mês, a ADEM registou um novo recorde de ofertas de trabalho, com as áreas das finanças e da contabilidade a dominarem as vagas.
O crescimento económico do Luxemburgo para 2017 e 2018 foi revisto em baixa pelo Statec. Assim, em vez de avançar 4,8% em cada um dos anos analisados, o Produto Interno Bruto (PIB) do Grão-Ducado deverá crescer 3,4% em 2017 e 4,4% em 2018.