Escolha as suas informações

Só votaram 126 cabo-verdianos no Luxemburgo
Luxemburgo 05.10.2016 Do nosso arquivo online
Presidenciais em Cabo verde

Só votaram 126 cabo-verdianos no Luxemburgo

Apenas cerca de 10% dos cabo-verdianos inscritos nos cadernos eleitorais foram votar
Presidenciais em Cabo verde

Só votaram 126 cabo-verdianos no Luxemburgo

Apenas cerca de 10% dos cabo-verdianos inscritos nos cadernos eleitorais foram votar
Foto: Lusa
Luxemburgo 05.10.2016 Do nosso arquivo online
Presidenciais em Cabo verde

Só votaram 126 cabo-verdianos no Luxemburgo

A abstenção foi a grande vencedora nas eleições presidenciais entre os cabo-verdianos que votaram no Luxemburgo, registando um número recorde de 93%.

A abstenção foi a grande vencedora nas eleições presidenciais entre os cabo-verdianos que votaram no Luxemburgo, registando um número recorde de 93%.

De acordo com os dados provisórios da delegação da Comissão Nacional de Eleições de Cabo Verde no Grão-Ducado, apenas 126 pessoas foram votar.

“Foram perto de 10% dos cerca de 1.300 inscritos nos cadernos eleitorais. As pessoas já sabiam quem ia ganhar”, justifica Gilson Lopes da CNE.

Jorge Carlos Fonseca venceu com 88 votos, Albertino Graça teve 27 e Jaime Monteiro 7. Houve ainda 4 votos em branco e nenhum voto nulo.

“Não é uma vitória do MpD [que apoiou Jorge Carlos Fonseca], mas dos cabo-verdianos. Foi a primeira vez na história de Cabo Verde que um candidato ganha tão à vontade”, regozija-se o representante do MpD no Luxemburgo, Mateus Domingos, que deverá passar “brevemente” o testemunho de líder da secção do partido a outro candidato. “É um sinal de democracia”, sublinha.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Os cabo-verdianos no Luxemburgo vão também poder votar nas eleições presidenciais do próximo domingo. A grande preocupação da delegação da Comissão Nacional de Eleições (CNE) de Cabo Verde no Grão-Ducado é o elevado número de abstenções.
O delegado da Comissão Nacional Eleitoral de Cabo Verde no Luxemburgo, Gilson Lopes, apela ao votos dos cabo-verdianos no Luxemburgo
Com o aproximar das eleições legislativas cabo-verdianas marcadas para 20 de Março, os cadernos eleitorais já podem ser consultados na Embaixada de Cabo Verde no Luxemburgo, na capital.
A Embaixada de Cabo Verde fica no Val Sainte Croix, n°117, na capital