Escolha as suas informações

Roy Reding diz ter provas sobre violações do segredo de justiça

Roy Reding diz ter provas sobre violações do segredo de justiça

Foto: Gerry Huberty
Luxemburgo 2 min. 25.01.2019

Roy Reding diz ter provas sobre violações do segredo de justiça

Manuela Pereira
O advogado de Daniel da Mota afirma ter provas de “violação sistemática” do segredo de justiça no Luxemburgo.

“Há jornalistas que são informados da realização de buscas quando estas ainda decorrem”, lê-se na carta que Roy Reding enviou, esta sexta-feira, à Procuradora-Geral do Estado Martine Solovieff.

O advogado mantém a acusação feita na semana passada, aos microfones da Rádio Latina, numa entrevista sobre as buscas à casa e ao local de trabalho de Daniel da Mota, na qual revelou que o futebolista está indiciado por “abuso de fraqueza”. Já esta quarta-feira foi tornado público que o lusodescendente está em prisão preventiva desde o passado dia 15.

Roy Reding diz que pode adiantar “processos concretos, nomes e até horários” onde o segredo de justiça foi violado.

O magistrado aponta como exemplo um caso em que uma pessoa foi contactada por um jornalista para reagir à decisão de um juiz, quando esse interlocutor ainda não tinha sido informado sobre o veredito.

O advogado – que sublinha responder na qualidade de deputado e não de magistrado – pede que a Procuradora-Geral respeite o que prometeu na carta que lhe enviou a 17 de janeiro último.

Na missiva, Martine Solovieff afirmou que se comprometia “pessoalmente” na abertura de processos “penais e disciplinares”, em caso de “indícios” de violação do segredo de justiça.

Reding abdica da defesa de Daniel da Mota?

Na carta à Procuradora-Geral do Estado a que a Rádio Latina teve acesso, Roy Reding refere, então, que se pronuncia enquanto deputado e não enquanto advogado.

Sem nunca mencionar o nome de Daniel da Mota, Reding informa a procuradora que vai deixar de exercer advocacia para se dedicar a tempo inteiro às funções de deputado e justifica a decisão com a necessidade de salvaguardar “a liberdade de se pronunciar sobre todos os dossiês sem temer consequências a nível profissional”.

A Rádio Latina quis saber se Roy Reding já entregou o pedido de demissão à Ordem dos Advogados e se abdicou, de facto, da defesa do futebolista Daniel da Mota. Contactámos o deputado, esta tarde, mas não obtivemos resposta, até ao momento.


Notícias relacionadas

Daniel da Mota posto em liberdade
Daniel da Mota já foi posto em liberdade e vai treinar-se com a restante equipa do Racing, amanhã. O clube da capital divulgou a informação que o Ministério Público também confirmou.
Daniel da Mota (RFCU Luxemburg #9) ist enttaeuscht, frustriert, Entaeuschung, Frust, Emotionen nach Gegentor
/ Fussball, Coupe de Luxembourg, Luxemburg, 32el Finale, Saison 2018-2019 / 28.10.2018 /
Racing FC Union Luxemburg (RFCU) - FC Differdingen 03 / 
Stade Camille Polfer, Luxemburg /
Foto: Ben Majerus