Escolha as suas informações

Estará o Luxemburgo a transformar-se no Mónaco?
Editorial Luxemburgo 2 min. 07.07.2021
Riqueza

Estará o Luxemburgo a transformar-se no Mónaco?

Riqueza

Estará o Luxemburgo a transformar-se no Mónaco?

Foto: John Schmit
Editorial Luxemburgo 2 min. 07.07.2021
Riqueza

Estará o Luxemburgo a transformar-se no Mónaco?

Madalena QUEIRÓS
Madalena QUEIRÓS
Prometeram-nos que no verão a “imunidade do grupo” já deveria estar a funcionar em pleno na Europa. Mas as novas vagas de contágio, provocadas pela variante Delta estão a complicar esta equação. Nunca nos devemos esquecer que a vacinação massiva continuar a ser a única solução para esta pandemia.

Se nada for feito e os preços continuarem a subir, o Luxemburgo “tornar-se-á noutro Mónaco, onde apenas vivem os ultra-ricos, impedindo que qualquer pessoa com um emprego normal possa residir no país”. O alerta do investigador Antoine Paccoud que analisa as questões da habitação no Liser, e que publicamos esta semana no Destaque do Contacto, deve ser levado a sério. O disparar dos preços das casas está a levar muitos a fugir da capital luxemburguesa mas também a fazer crescer o número de milionários que enriquecem da especulação imobiliária. O problema é que o número de pessoas sem condições financeiras para viver no Grão-Ducado está a aumentar a um ritmo ainda mais rápido. Porque é que não há decisões políticas para resolver esta dificuldade? “No Parlamento e no Governo ninguém sente na pele o problema da habitação, por isso não está resolvido” alerta a deputada Nathalie Oberweis, do déi Lénk no especial escrito pela jornalista do Contacto, Paula Santos Ferreira, que publicamos esta semana. “Os residentes luxemburgueses são, em geral, muito privilegiados neste país em relação aos residentes de outras nacionalidades , e são estes os mais afetados pelos problemas sociais como a habitação”, acrescenta a parlamentar

Depois há o outro lado da moeda de quem vê a sua conta bancária crescer à custa da especulação imobiliária.

Estima-se que uma em cada 15 pessoas seja milionária no Luxemburgo. Números que, segundo os investigadores, estão muito abaixo da realidade.

A variante Delta prestes a estragar o verão

Quase todos os dirigentes políticos europeus criaram a expetativa que no verão teríamos a chama “imunidade de grupo” e tudo poderia começar a voltar ao “novo normal”. Mas as novas variantes, mais contagiantes, estão a complicar e equação. Em Portugal estamos a caminhar rapidamente para uma quarta vaga. Um cenário que também pode vir a acontecer nas próximas semanas no Luxemburgo. A hospitalização de Xavier Bettel. chefe de Governo luxemburguês, é apenas um sinal simbólico de que a situação ainda está longe de estar completamente controlada. A corrida contra o tempo da vacinação está a aumentar a resistência da população. Mas os contágios com a variante Delta, que já é a dominante em Portugal e no Luxemburgo, assim como em muitos outros países europeus, continuam a aumentar. Mas ninguém deve perder de vista que a vacinação em massa é a única saída para esta crise que veio mudar o mundo. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

A confirmarem-se as previsões da Comissão Europeia, que a imunidade de grupo será atingida dentro de três meses, teremos, finalmente, luz verde para ir de férias no verão.