Escolha as suas informações

Restauração, escolas, reuniões privadas. O que muda a partir de 16 de maio
Luxemburgo 2 min. 06.05.2021

Restauração, escolas, reuniões privadas. O que muda a partir de 16 de maio

Restauração, escolas, reuniões privadas. O que muda a partir de 16 de maio

Foto:Gerry Huberty/Luxemburger Wort
Luxemburgo 2 min. 06.05.2021

Restauração, escolas, reuniões privadas. O que muda a partir de 16 de maio

Catarina OSÓRIO
Catarina OSÓRIO
Primeiro-ministro, Xavier Bettel, anunciou esta quarta-feira um relaxamento de algumas medidas contra a pandemia. Saiba onde vai haver mexidas, ponto por ponto, e por áreas.

O anúncio era aguardado mas que medidas iriam sofrer mexidas em concreto ainda ninguém sabia. Esta quarta-feira Bettel desvendou o mistério, sendo que a maior novidade é mesmo a reabertura dos cafés e restaurantes a partir de 16 de maio, tanto interior como exterior. Veja abaixo a lista do que muda no setor da restauração:

  • Estabelecimentos podem estar abertos até às 22h (antes era até às 18h);
  • Clientes podem comer tanto no interior como no exterior. Quem optar pelo interior terá de fazer um autoteste obrigatório. No caso do exterior, clientes estão dispensados desta obrigação;
  • Limite de pessoas por mesa passa para quatro (anteriormente eram duas) sem obrigação de serem do mesmo agregado familiar, com exceções para as famílias numerosas;
  • Autotestes serão distribuídos aos estabelecimentos e terão de ser feitos tanto por clientes (se no interior) como por empregados;

Que tipo de testes são obrigatórios para ir jantar fora?
Cafés e restaurantes vão poder reabrir os espaços interiores a partir de 16 de maio, mas nestes casos, quem quiser sentar-se no interior terá de apresentar um teste negativo à covid-19.

Outra das medidas onde há mexidas é o recolher obrigatório

  • Recolher 'encolhe' uma hora e passa assim a ser entre as 00h e as 06h; 

As regras dos ajuntamentos privados também mudam: 

  • Agregados familiares podem receber um máximo de quatro pessoas em casa (antes eram duas e do mesmo agregado) e já não é obrigatório ser do mesmo agregado familiar;

Eventos públicos e desportivos também serão mais relaxados:

  • Limite máximo de pessoas em eventos culturais e desportivos passa de 100 para 150 (exemplos: manifestações, marchas, salas de cinema);
  • Eventos poderão ter até 1.000 pessoas se for criado um protocolo sanitário e autorização do Ministério da Saúde (exemplos: concertos);
  • Eventos musicais no exterior podem integrar 40 músicos no máximo; 

Foram ainda anunciadas mexidas nas escolas

  • Aulas presenciais nas turmas superiores do secundário regressam depois do feriado de Pentecostes, 24 de maio; 
  • Testes rápidos passam de uma para duas vezes por semana, para alunos e funcionários. Exceção para os alunos do ensino fundamental que continuam a fazer teste uma vez por semana;
  • Mais kits de autotestes enviados para casa dos alunos;

As alterações comunicadas esta quarta-feira pelo Governo fazem parte da revisão da chamada 'lei covid' que o Parlamento deverá debater e votar nos próximos dias para entrar em vigor a 16 de maio. A futura 'lei covid' estará em vigor até, pelo menos, 12 de junho. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

A falta de clareza do Governo sobre a realização obrigatória dos testes rápidos anti-covid para entrar no interior dos restaurantes está a gerar o caos em véspera da abertura das salas, a 16 de maio. E quando acabarem os testes oferecidos ao setor, quem os vai pagar?, questionam ao Contacto proprietários e políticos.