Escolha as suas informações

Regresso às aulas. “Eram precisas mais 500 pessoas, mil inscreveram-se”
Luxemburgo 15.05.2020

Regresso às aulas. “Eram precisas mais 500 pessoas, mil inscreveram-se”

Regresso às aulas. “Eram precisas mais 500 pessoas, mil inscreveram-se”

DR
Luxemburgo 15.05.2020

Regresso às aulas. “Eram precisas mais 500 pessoas, mil inscreveram-se”

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Governo considera importante que escolas reabram.

O ensino nas escolas primárias recomeça a 25 de maio. Com a divisão das turmas no ensino fundamental em dois grupos, eram precisas mais 500 pessoas nas escolas para garantir o enquadramento das crianças, tanto nas escolas como nas estruturas de acolhimento.

Um número que não assusta o ministro da Educação, Claude Meisch, que em entrevista à RTL, frisou que cerca de mil pessoas inscreveram-se nos últimos dias para ajudar nesta tarefa. 

Tratam-se de estudantes, pessoas do ensino musical ou ainda de pessoas que geralmente trabalham em casas de jovens, ou seja, que estão habituadas a trabalhar com crianças.

Para o ministro, é importante que as escolas voltem a abrir, mesmo se o seu funcionamento não vai ser o mesmo que aquele que as crianças conheceram antes da crise pandémica.O ministro acrescentou que atualmente não está previsto um acolhimento para as crianças, antes das 8h00. 

No entanto, garantiu que o Ministério da Educação, juntamente com as comunas estão a equacionar tentar oferecer este acolhimento, nem que seja de forma mínima.


Ministro da Educação diz que máscaras são desaconselhadas para crianças com menos de 6 anos
As crianças com menos de seis anos, não devem usar máscara.

Claude Meisch diz ainda estar consciente que nas próximas semanas, as creches só vão ter metade das vagas disponíveis, do que habitualmente, sendo que metade das crianças não vão poder regressar para a creche. Daí, segundo o ministro, se ter prolongado a licença por razões familiares para crianças com menos de 4 anos de idade.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas