Escolha as suas informações

Refugiados sírios vêm viver para o Luxemburgo
Luxemburgo 11.04.2015

Refugiados sírios vêm viver para o Luxemburgo

Foyer Heliar, em Weilerbach

Refugiados sírios vêm viver para o Luxemburgo

Foyer Heliar, em Weilerbach
Foto: Anouk Antony
Luxemburgo 11.04.2015

Refugiados sírios vêm viver para o Luxemburgo

Um grupo de 46 refugiados sírios vai ser recebido no Foyer Heliar, em Weilerbach, no próximo dia 5 de Maio. A chegada do grupo de refugiados ao Luxemburgo estava inicialmente prevista para Abril, mas agora foi fixada para o início do próximo mês.

Um grupo de 46 refugiados sírios vai ser recebido no Foyer Heliar em Weilerbach, no próximo dia 5 de Maio. A chegada do grupo de refugiados ao Luxemburgo estava inicialmente prevista para Abril, mas agora foi fixada para o início do próximo mês.

 O grupo vem de um campo turco e inclui nove famílias com um total de 29 crianças.

 Os refugiados sírios não aparecem nas estatísticas oficiais dos requerentes de asilo no Luxemburgo, uma vez que, mesmo antes de chegarem,  já lhes foi concedido o estatuto.

Em Abril do ano passado o Luxemburgo acolheu 28 refugiados sírios provenientes de um campo na Jordânia, que também foram alojados temporariamente no Foyer Heliar.

 A chegada de mais este grupo de sírios ao Luxemburgo faz parte de um acordo internacional que pretende aliviar a sobrecarga dos países vizinhos da Síria que receberam milhões de refugiados de guerra.

 O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados diz que mais de três milhões de sírios fugiram para a Turquia, Líbano, Jordânia e Iraque, e há ainda cerca de 6,5 milhões de pessoas deslocadas dentro do país.  Apenas 150 mil sírios chegaram à Europa e pediram asilo.

Os números de Luxemburgo relativos  aos pedidos de protecção internacional por parte de cidadãos sírios são muito baixos. Nos primeiros três meses de 2015, no Luxemburgo, apenas 15 sírios introduziram o pedido para obtenção de estatuto de refugiado, num total de 275 pedidos. O maior número  de candidatos (78), são originários do Kosovo, seguidos de 33 do Montenegro e 17 da Bósnia.

Em 2014, de um total de 1.091 requerentes de asilo que chegaram ao Luxemburgo, 93 eram da Síria, com a Bósnia e Herzegovina, Kosovo, Montenegro e Albânia, a liderar a lista dos países com mais pedidos.

 


Notícias relacionadas