Escolha as suas informações

Reforma da Constituição: Próximo referendo não vai ser antes de 2017
Luxemburgo 11.06.2015 Do nosso arquivo online

Reforma da Constituição: Próximo referendo não vai ser antes de 2017

Alex Bodry é o presidente da Comissão para a reforma da Constituição

Reforma da Constituição: Próximo referendo não vai ser antes de 2017

Alex Bodry é o presidente da Comissão para a reforma da Constituição
Foto: Chris Karaba
Luxemburgo 11.06.2015 Do nosso arquivo online

Reforma da Constituição: Próximo referendo não vai ser antes de 2017

A reforma da Constituição é o próximo referendo a ter lugar no Luxemburgo. Depois do referendo de 7 de Junho, os eleitores vão dar o seu veredicto em 2017 ou no ano seguinte.

A reforma da Constituição é o próximo referendo a ter lugar no Luxemburgo. Depois do referendo de 7 de Junho, os eleitores vão dar o seu veredicto em 2017 ou no ano seguinte. A comissão parlamentar responsável sobre esta matéria apresentou esta quarta-feira os planos sobre os próximos passos.

O projecto deverá estar concluído dentro do período legislativo, tendo sido acordado que a votação não poderá ter lugar antes de Junho ou Julho de 2017. Dependendo da celeridade do processo, o referendo poderá ter lugar também em 2018.

O Conselho de Estado vai agora dar a sua palavra sobre as cerca de 70 alterações feitas até agora à Constituição.

Para o Parlamento, esta reforma é um projecto gigantesco que abarca não só a Constituição, mas também uma série de outros procedimentos.

Antes de o Parlamento votar a Constituição, que precisa de uma maioria de dois terços para passar, está previsto ouvir um grupo de entidades para se determinar as questões-chave. A Universidade do Luxemburgo é um dos parceiros apontados neste processo.


Notícias relacionadas