Escolha as suas informações

Ranking da Times Higher Education: Uni.lu é 14ª entre as "novas" universidades
Luxemburgo 07.04.2016 Do nosso arquivo online

Ranking da Times Higher Education: Uni.lu é 14ª entre as "novas" universidades

Ranking da Times Higher Education: Uni.lu é 14ª entre as "novas" universidades

Foto: Marc Wilwert
Luxemburgo 07.04.2016 Do nosso arquivo online

Ranking da Times Higher Education: Uni.lu é 14ª entre as "novas" universidades

A Universidade do Luxemburgo (Uni.lu) ocupa o 14° lugar entre as universidades mais jovens do mundo, de acordo com o ranking da Times Higher Education, divulgado esta quarta-feira.

A Universidade do Luxemburgo (Uni.lu) ocupa o 14° lugar entre as universidades mais jovens do mundo, de acordo com o ranking da Times Higher Education, divulgado esta quarta-feira.

A Uni.lu tem agora mais um motivo para se orgulhar depois de a  Times Higher Education a ter colocado, em meados de Janeiro, em segundo lugar na lista de instituições de ensino superior do mundo com mais alunos de diferentes nacionalidades.

Nesta nova lista das universidades mundiais, "Under 50 Rankings 2016", a Uni.lu aparece na 14ª posição com uma pontuação de 55.3, numa lista das 150 universidades com menos de 50 anos.

"Este resultado confirma mais uma vez que a nossa clara orientação internacional dá frutos. O nosso objectivo passa por sermos futuros líderes no ensino superior", refere o reitor da Universidade do Luxemburgo, Rainer Klump, em comunicado.

A Escola Politécnica Federal de Lausana, na Suíça, lidera a lista seguida pela Universidade Tecnológica de Nanyang (Singapura), Universidade de Hong Kong e Universidade de Maastricht.

As avaliações das instituições têm como base pontuações de cinco categorias: ensino, investimento da indústria na universidade, citações, pesquisa e a representatividade internacional.

É nesta última categoria que a Universidade do Luxemburgo saiu-se melhor: actualmente tem estudantes de 115 nacionalidades e funcionários de 83 países.

Mas isso não é tudo: "A orientação internacional da universidade também contribui para o seu alto desempenho em outros indicadores, facilitando o recrutamento de professores, pesquisadores e estudantes de todo o mundo. É assim que podemos também aumentar a qualidade da investigação e ensino", lê-se ainda no comunicado da universidade.



Notícias relacionadas

Universidade do Luxemburgo cai no ranking mundial
A Universidade do Luxemburgo caiu no último ranking das melhores universidades do mundo. De acordo com a revista britânica especializada em educação Times Higher Education, a Universidade do Luxemburgo aparece como "não especificada", algures entre os lugares 201 e 250 da lista, quando no ano passado ocupava o lugar 179 entre as melhores universidades do mundo.