Escolha as suas informações

Quem quiser uma vacina que não seja utilizada pode candidatar-se
Luxemburgo 30.04.2021

Quem quiser uma vacina que não seja utilizada pode candidatar-se

Quem quiser uma vacina que não seja utilizada pode candidatar-se

Foto: AFP
Luxemburgo 30.04.2021

Quem quiser uma vacina que não seja utilizada pode candidatar-se

Jean-Michel HENNEBERT
Jean-Michel HENNEBERT
A partir desta sexta-feira, os residentes entre os 18 e 54 anos de idade poderão inscrever-se numa nova lista voluntária para receberem vacinas não utilizadas nos centros de vacinação. Mas ao contrário da lista para AstraZeneca, a ordem de chamada será baseada na idade.

Para acelerar a campanha de vacinação, o governo continua a contar com a participação voluntária dos residentes. Depois de ter proposto aos residentes, com idades compreendidoas entre os 16 a 54 anos de idade, beneficiar das doses disponíveis da AstraZeneca, o executivo prossegue a sua estratégia alargando o dispositivo às doses não utilizadas diariamente nos centros de vacinação. Uma notícia publicada originamente na edição francesa do Wort.

A partir desta tarde de sexta-feira, uma nova lista de espera será activada no site impfen.lu para que se possa fazer uma mais eficaz utilização das vacinas actualmente disponíveis. 

Mas ao contrário da primeira lista que se baseava no princípio de "primeiro a chegar, primeiro a ser servido", o princípio de atribuição de doses será bastante diferente, uma vez que se baseará em dois critérios principais. Por um lado, os voluntários terão de estar disponíveis (entre as 18h30 e as 19h00 de segunda a sábado) e poder chegar a um centro de vacinação em 20 minutos. Em segundo lugar, os convites serão enviados a voluntários de acordo com a sua idade, com prioridade para os residentes mais velhos. 

O período de registo nesta lista é de  apenas de uma semana. Isto significa que os voluntários que não tenham recebido uma chamada telefónica no início da noite no prazo de sete dias após terem recebido o seu convite, terão de se registar novamente. 

A menos que entretanto tenham recebido um ou mais convites, ou seja, a sua notificação no âmbito da fase 6 da vacinação ou a notificação solicitada para as doses de Vaxzevria. 

Embora quase 190.000 pessoas tenham recebido até agora pelo menos uma primeira dose, com perdas consideradas "marginais", o risco está a aumentar com cerca de 355.000 pessoas esperadas "até meados de Julho" nos centros de vacinação.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas