Escolha as suas informações

Breves Luxemburgo 28.11.2019

Quase 10% da população sofre de depressão no Luxemburgo

(SM) A depressão crónica afeta 9,5% da população residente no Grão-Ducado.

A doença afeta mais as mulheres (10,7%) do que os homens (8,2%).

Cerca de 1.000 pacientes estiveram internados, em 2017, num dos três hospitais do país especializados em doenças mentais por “episódios depressivos” e cerca de 250 por “transtorno depressivo recorrente”. Feitas as contas, em média há 13 camas ocupadas durante o ano todo, devido a depressão.

Os dados são da Inspeção Geral da Segurança Social e foram divulgados pelo ministro da Saúde, Étienne Schneider (LSAP), em resposta parlamentar à deputada Nancy Arendt (CSV).

Ainda segundo o ministro é preciso esperar em média dois a quatro meses para ter consulta num psiquiatra.