Escolha as suas informações

Quanto mais ganham, mais os consumidores gastam em produtos bio
Luxemburgo 26.08.2020

Quanto mais ganham, mais os consumidores gastam em produtos bio

Quanto mais ganham, mais os consumidores gastam em produtos bio

Luxemburgo 26.08.2020

Quanto mais ganham, mais os consumidores gastam em produtos bio

Diana ALVES
Diana ALVES
Feitas as contas, os consumidores do Luxemburgo consagram, em média, cerca de 12% do seu orçamento com alimentação a produtos biológicos.

Quanto mais se ganha, mais se gasta em produtos biológicos. Um novo estudo do Instituto Nacional de Estatística (STATEC), divulgado hoje, mostra que quanto mais elevados são os rendimentos dos consumidores, maiores são os gastos com alimentos orgânicos. Os dados são de 2017.

Os gráficos do STATEC revelam que um agregado familiar com rendimentos iguais ou superiores a 6.500 euros dedica 21% das suas despesas alimentares a produtos biológicos. Já no caso de um agregado com menos de 2.500 euros, a compra de comida sem químicos representa 7% dos gastos totais com alimentação.

Feitas as contas, os consumidores do Luxemburgo consagram, em média, cerca de 12% do seu orçamento com alimentação a produtos biológicos. O gabinete de estatísticas sublinha não estamos perante um ‘boom’ nas vendas de produtos bio, sendo que desde 2011 que o orçamento que lhes é destinado varia entre os 10% e os 14%.

Os produtos biológicos preferidos dos consumidores são a comida para bebés (38%), o mel (22%), os ovos (20%), farinhas e cereais (15%), leite (12%) e frutas e legumes (10%).  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas