Escolha as suas informações

Qual é a melhor cor para um carro?
Opinião Luxemburgo 3 min. 05.02.2021

Qual é a melhor cor para um carro?

Suzuki Swift Sport 
Malaga 18 avril 2018

Qual é a melhor cor para um carro?

Suzuki Swift Sport Malaga 18 avril 2018
Opinião Luxemburgo 3 min. 05.02.2021

Qual é a melhor cor para um carro?

António Raúl VAZ PINTO DA CUNHA REIS
António Raúl VAZ PINTO DA CUNHA REIS
O Zé Carlos comprou um carro amarelo. O Zé Carlos anda deprimido e confessou-me que, se soubesse o que sabe hoje, teria escolhido outra cor.

O Zé Carlos comprou um carro amarelo. E desse então, não passa um dia sem que os seus amigos gozem com ele. No Luxemburgo, a cor amarela sempre foi identificada com os Correios pois os carros de serviço eram dessa cor. Por isso a piada mais frequente, desde que o Zé comprou o carro é: então mudaste de trabalho?

Nas primeiras vezes, o Zé Carlos, hesitante, não percebeu e perguntou porquê, ou ficou meio abananado e nem disse nada. Agora quando ouve a pergunta já manda imediatamente os amigos para um sítio que rima com trabalho.

O Zé Carlos anda deprimido e confessou-me que, se soubesse o que sabe hoje, teria escolhido outra cor. Se o meu carro fosse cinzento ninguém me chateava a cabeça, desabafou comigo. Contei-lhe a história do meu amigo Fernando que encomendou um Mini amarelo e que, semanas depois, voltou ao stand para perguntar se ainda ia a tempo de trocar. E trocou, passou a ser azul, e nenhum dos seus amigos se recorda que o Fernando teve um Mini.

Já viste que, daqui a uns anos quando se falar de carros, toda a gente vai recordar o teu carro amarelo? Já pensaste que se o Numeiro tivesse um Jaguar preto ninguém lhe passava cartão? Com aquela cor dourada – muito discutível – não há adolescente que não o identifique em qualquer canto de Portugal. O Zé Carlos admitiu não saber quem é o Numeiro e que não é por esse gajo ter um carro de uma cor berrante que o seu carro amarelo fica mais bonito.

Quase desisti, mas tentei sugerir ainda ao Zé Carlos que pensasse na hipótese de fazer um wrapping, uma técnica que consiste em embrulhar o carro em plástico tipo aquele que se usa na cozinha, mas colorido. Serias o primeiro gajo a fazer um wrap cinzento num carro, brinquei…

O Zé Carlos continua deprimido. A escolha da cor, admitiu, foi da responsabilidade da gaja. Quando o Zé Carlos diz gaja refere-se sempre à sua ex-namorada, que o deixou para ir dar aulas de reiki e meditação em Bali. Nunca percebi a quem é que ela vai fazer reiki na Indonésia porque ela não fala a língua e a malta lá já é calma que chegue, sobretudo em Bali. Mas prontos, a verdadeira história só é conhecida pelo Zé Carlos que, cá para mim, sabe melhor do que ninguém que o professor de crossfit da Madalena tem culpas no cartório.

O Zé Carlos continua deprimido. Não sei como é que me deixei convencer, lamenta o Zé Carlos. E voltou a contar-me o dia em que foram ao stand e ela insistiu que amarelo é que era bonito. Que combinava bem com o estilo dele e que era mais seguro na estrada porque é mais visível à distância. O Zé Carlos explica sempre que ele até queria preto ou cinzento mas que a Madalena, prontos, convenceu-o…

Eu, que gosto bastante do Zé Carlos, costumo recordar-lhe que podia ser pior e até conto aquela anedota interminável sobre o tipo que cruzou um amigo que lhe conta que um amigo comum partiu uma perna… mas o Zé já não me deixa acabá-la. Porra, já me contaste isso mil vezes. E tu já me contaste a história do dia em que assinaste o contrato de compra outras tantas, Zé!

O Zé Carlos continua deprimido. Bebemos mais uma cerveja – na minha cozinha, que os bares estão fechados e nem eu nem o Zé Carlos somos gajos para violar a lei – e optei pela estratégia da desvalorização do problema. Tu já viste que agora, com a pandemia, a malta nem sequer anda de carro? Na semana passada, ao pegar no meu, a bateria estava morta. Mas o Zé Carlos não pode fazer teletrabalho porque lá na tipografia as máquinas não saem do lugar. Eu ando no meu carro todos os dias, Raúl, e todos os dias de manhã ao abrir a porta da garagem, digo de mim para comigo: porra, ainda está amarelo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.