Escolha as suas informações

Prolongada a pausa na construção do Parque Gasperich
Luxemburgo 2 min. 01.08.2020

Prolongada a pausa na construção do Parque Gasperich

É aqui, entre a rápida expansão da Ban de Gasperich e o distrito de Hollerich, que será criado o parque de quase 15 hectares.

Prolongada a pausa na construção do Parque Gasperich

É aqui, entre a rápida expansão da Ban de Gasperich e o distrito de Hollerich, que será criado o parque de quase 15 hectares.
Foto: Maurice Fick
Luxemburgo 2 min. 01.08.2020

Prolongada a pausa na construção do Parque Gasperich

Nadine SCHARTZ
Nadine SCHARTZ
O plano para criar o maior espaço verde na capital está a transformar-se na figura fictícia de Arlésienne. Vítima da paragem provocada pela pandemia, o futuro parque Ban de Gasperich não verá uma escavadora antes do final de agosto.

Validado há três anos, em julho de 2017, pela Câmara Municipal do Luxemburgo, o futuro pulmão verde de 14,9 hectares da Ban de Gasperich está a tornar-se um bem desejado. Tanto mais que o distrito em crescimento, nos próximos anos, tem uma necessidade urgente de respirar o ar da natureza.  

Mais uma vez, terá de esperar pelo Arlésienne. E com ele, as jóias prometidas, como a sua lagoa de 7.000 metros quadrados (perto da rotunda Gluck), o seu Drosbach, re-naturalizado com mais de 810 metros, ou ainda os seus relvados bem cortados. 

A grande questão é: até quando? Inicialmente previsto para começar no princípio de 2019, os trabalhos não puderam começar devido à falta de luz verde do Ministério do Ambiente. Quando Serge Wilmes, primeiro vereador da cidade do Luxemburgo, viu o documento na sua secretária no final de janeiro, ainda não imaginava que os seus planos voltariam a ser congelados, desta vez devido a uma pandemia.

Atrasos devidos a trabalhos de escavação

Se o trabalho de terraplanagem não pôde começar como planeado em junho, já não foi por causa do vírus e as consequências no sector da construção, mas por causa dos resultados das escavações. 


Sabe qual é o bairro mais procurado da cidade do Luxemburgo?
Sabe qual é o bairro mais procurado da cidade do Luxemburgo?

Como explica Désirée Biver, responsável pela comunicação da Cidade, "durante a avaliação de amostras de escavações arqueológicas, tornou-se evidente que são necessárias escavações específicas adicionais em várias áreas do futuro parque". 

Assim, a Cidade assume agora que o início das obras de terraplanagem "pode começar imediatamente após as férias colectivas de 24 de agosto", disse Désirée Biver ao Luxemburger Wort. 

Como o calendário foi alterado consideravelmente, as primeiras árvores e sebes não poderão ser plantadas no final do ano, como previsto. O calendário inicial para as sete fases da criação do parque, ainda indicado na página web da Cidade do Luxemburgo, será também revisto e adaptado após o feriado público. 

Teoricamente ainda, os habitantes da Ban de Gasperich mas também de Hollerich (no outro extremo do parque) terão de esperar até ao verão de 2022 para finalmente poderem passear e relaxar ali. Um prazo que parece cada vez mais difícil de manter.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.