Escolha as suas informações

Professores de alunos com necessidades educativas específicas exigem melhores condições de trabalho
Luxemburgo 04.12.2020

Professores de alunos com necessidades educativas específicas exigem melhores condições de trabalho

Os sindicatos vão reunir com o ministro da Educação.

Professores de alunos com necessidades educativas específicas exigem melhores condições de trabalho

Os sindicatos vão reunir com o ministro da Educação.
Foto: Chris Karaba
Luxemburgo 04.12.2020

Professores de alunos com necessidades educativas específicas exigem melhores condições de trabalho

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Os sindicatos opõem-se que o trabalho dos professores desta área seja qualificado como administrativo, como defende o Ministério da Educação.

Os representantes sindicais dos professores de alunos com necessidades educativas específicas vão reunir-se na próxima segunda-feira (7 de novembro) com o ministro da Educação, Claude Meisch. 

Uma reunião aguardada com muita expetativa por parte dos sindicatos, que espera que o Ministério da Educação inicie um diálogo social sobre o trabalho dos professores no ensino psicossocial.

Já houve uma primeira reunião a 6 de outubro, em que o ministro ouviu as reivindicações dos cinco sindicatos que representam os professores de alunos com necessidades específicas. 

Na reunião de segunda-feira esperam-se respostas aos pedidos lançados anteriormente.

O Ministério da Educação pretende considerar o trabalho feito por estes professores como trabalho administrativo, o que, segundo os sindicatos, está longe da realidade no terreno, uma vez que eles acompanham os alunos que precisam de acompanhamento específico, no seu percurso escolar. Limitar o trabalho destas pessoas a uma ocupação administrativa seria, segundo os sindicatos, prejudicial para os alunos.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas