Escolha as suas informações

Primeira Fnac do Luxemburgo vai abrir no final do ano em Hamilius
Luxemburgo 12.06.2019

Primeira Fnac do Luxemburgo vai abrir no final do ano em Hamilius

Luxemburgo 12.06.2019

Primeira Fnac do Luxemburgo vai abrir no final do ano em Hamilius

A empresa retalhista de origem francesa recebeu esta quarta-feira as chaves das suas instalações, situadas no coração do Luxemburgo, no centro comercial Royal-Hamilius.

Depois das Galerias Lafayette e do Delhaize, é a vez de a Fnac receber as chaves da sua primeira loja no Luxemburgo, no centro comercial Royal-Hamilius. A partir do final do ano, uma superfície de dois mil metros quadrados irá receber os visitantes e residentes do Grão-Ducado, avança a empresa francesa, sem revelar mais detalhes sobre a data exata de abertura da loja.

Maquete da entrada da Fnac no centro da cidade do Luxemburgo
Maquete da entrada da Fnac no centro da cidade do Luxemburgo
Imagem: CODIC

A entrada da Fnac irá situar-se na esquina das duas ruas comerciais pedonais, a Grand-Rue e a Rue Aldringen. Atualmente, a loja desta empresa retalhista mais próxima do Luxemburgo fica a cerca de 60 quilómetros da capital, na cidade francesa de Metz. 

O projeto Royal Hamilius, com inauguração originalmente prevista para 2017, deverá abrir as portas em novembro deste ano. Os atrasos deveram-se à resistência dos moradores do antigo edifício do "Biergercenter", e depois dos comerciantes e habitantes da zona. 


Galerias Lafayette vão criar cerca de 120 postos de trabalho no Luxemburgo
Galerias Lafayette vão criar cerca de 120 postos de trabalho no Luxemburgo

Com mais de 550 elementos em vidro e ouro, o Royal Hamilius é um projeto misto que vai criar uma espécie de ilhéu multifuncional com estabelecimentos comerciais, serviços, restauração, escritórios e alojamentos.  A place Hamilius vai tornar-se exclusivamente numa zona pedonal. O projeto inclui ainda a renovação do centro subterrâneo Aldringen e o aumento da capacidade do parque de estacionamento subterrâneo de 350 para 650 lugares.



Notícias relacionadas