Escolha as suas informações

Presidenciais francesas: Menos eleitores nas mesas de voto do Luxemburgo
Luxemburgo 07.05.2017 Do nosso arquivo online

Presidenciais francesas: Menos eleitores nas mesas de voto do Luxemburgo

Residentes franceses no Luxemburgo acreditam na vitória de Macron

Presidenciais francesas: Menos eleitores nas mesas de voto do Luxemburgo

Residentes franceses no Luxemburgo acreditam na vitória de Macron
Foto: Christophe Olinger
Luxemburgo 07.05.2017 Do nosso arquivo online

Presidenciais francesas: Menos eleitores nas mesas de voto do Luxemburgo

Segundo responsáveis da mesas de voto às presidenciais francesas “há menos pessoas a votar" no liceu Vauban, na capital. De recordar que há duas semanas, milhares de franceses residentes no Luxemburgo foram votar, tendo dado a vitória a Emmanuel Macron, com 47% dos votos, contra os 6% de Marine Le Pen.

Segundo responsáveis da mesas de voto às presidenciais francesas “há menos pessoas a votar" no liceu Vauban, na capital. De recordar que há duas semanas, milhares de franceses residentes no Luxemburgo foram votar, tendo dado a vitória a Emmanuel Macron, com 47% dos votos, contra os 6% de Marine Le Pen.

Se na primeira volta havia filas para a votação, hoje, a participação está a ser mais baixa, em todas as 17 mesas de voto distribuídas pelo país.

Ainda sem dados oficiais em relação à participação no escrutínio, os próprios eleitores franceses partilham da mesma opinião. “Há menos pessoas, elas estão certas de um bom resultado para Macron”, disse um cidadão francês a residir no Luxemburgo.

Os franceses residentes demonstram preocupação numa eventual  vitória da Frente Nacional e de Marine Le Pen. Eles acreditam que essa eleição os pode colocar numa situação de fragilidade no país, além de não acreditarem nas ideias políticas do partido de extrema direita francês.

Para uma francesa, que foi votar com o marido e com os filhos, esta abstenção não é bem aceite e pergunta incrédula “Porque razão não vêm votar? É um dever.” Para a maioria dos eleitores franceses a vitória de Macron está garantida mas há a necessidade da maioria parlamentar, para que possa governar com estabilidade.

Com Le Pen a defender a saída de França da União Europeia (UE) e Macron a pedir mais cooperação europeia, o resultado da eleição  tem subjacente a perspetiva, caso seja Marine Le Pen a ganhar, de um referendo sobre a permanência de França na UE.

Uma outra eleitora francesa a viver no Luxemburgo confessa compreender “quem volta na Frente Nacional, há franceses desesperados e nós tenhamos outra percepção da realidade, embora eu vote no Macron.”

Para uma outra imigrante francesa “é um choque saber que há pessoas aqui a votar na Le Pen, quando usufruem de todas as garantias e facilidade em serem membros da UE”.

Cerca de 24 mil pessoas estão inscritas para a segunda volta das presidenciais francesas no Luxemburgo.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas