Escolha as suas informações

Presidenciais francesas: Juncker e Bettel congratulam Macron
Luxemburgo 24.04.2017

Presidenciais francesas: Juncker e Bettel congratulam Macron

Jean-Claude Juncker e Xavier Bettel deram os parabéns a Macron

Presidenciais francesas: Juncker e Bettel congratulam Macron

Jean-Claude Juncker e Xavier Bettel deram os parabéns a Macron
Foto: Reuters
Luxemburgo 24.04.2017

Presidenciais francesas: Juncker e Bettel congratulam Macron

O Primeiro-Ministro luxemburguês Xavier Bettel e o Presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, congratularam publicamente Emmanuel Macron pela sua vitória na primeira mão das presidenciais francesas.

O Primeiro-Ministro luxemburguês Xavier Bettel e o Presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, congratularam publicamente Emmanuel Macron pela sua vitória na primeira mão das presidenciais francesas.

Na sua conta do Twitter, Bettel escreveu “é com agrado que Emanuel Macron continua na corrida para a segunda volta das Presidenciais francesas, com os valores democráticos e pró-Europa que eu partilho.”


Também Juncker desejou “Boa sorte” para segunda volta das eleições, que acontecem a 7 de maio, e que de acordo com as mais recentes projeções dão vantagem ao candidato liberal.

“Juncker congratula Emanuel Macron pelo seu resultado na primeira volta e deseja-lhe sorte para a próxima” pode ler-se na sua conta no Twitter.

No entanto, mais líderes europeus têm dado os parabéns a Macron, enquanto outros expressam alguma preocupação quanto ao resultado da eurocéptica Marine Le Pen, que é conhecida pela sua posição contra a imigração.  

“O resultado de Emanuel Macron é de esperança e de um futuro para a nossa geração” escreveu Federica Mogherini, antiga ministra dos Negócios Estrangeiros de Itália e actual é a Alta Representante da União para Política Externa e Segurança que quer continuar a ver bandeira francesa e da União Europeia (UE) juntas.

Michel Barnier, responsável europeu pela negociação do Brexit demonstrou preocupação com a possibilidade de Le Pen retirar a França da EU. “Compatriotas e europeus, eu confio em Emanuel Macron a 7 de maio. A França tem de permanecer na UE”, escreveu.

O centrista Emmanuel Macron liderou a primeira volta das presidenciais de domingo com quase mais 2,5 pontos percentuais do que a candidata da extrema-direita, Marine Le Pen.

Fillon surge em terceiro lugar, com 19,72% dos sufrágios, seguido de Jean-Luc Mélenchon (esquerda), com 18,97% dos votos.

Macron e Le Pen disputam a presidência na segunda volta, dentro de duas semanas.

O candidato liberal já recebeu o apoio de outros candidatos presidenciais derrotados, e, de acordo com projeções, derrotará a candidata de extrema-direita com mais de 60 por cento dos votos.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas