Escolha as suas informações

Breves Luxemburgo 11.01.2019

Prepare-se. Polícia vai fazer operações stop na próxima semana

A polícia luxemburguesa vai realizar operações de controlo dos automobilistas durante a próxima semana. Prepare os documentos.  

A polícia grã-ducal vai realizar operações stop entre 14 e 20 de janeiro em todas as categorias de veículos. O objetivo é sobretudo verificar os documentos das viaturas e dos automobilistas. As autoridades lembram condutores para terem na sua posse todos os documentos necessários e em dia caso sejam mandados parar. Entre eles, a carta de condução, o seguro automóvel, o certificado de registo e um comprovativo válido do imposto de circulação. Os oficiais da polícia relembram que vão também estar atentos ao estado das matrículas bem como ao respeito pelo ambeinte e pela tranquilidade pública.

Verifique os valores das multas em caso de infração: 

  • Ausência de carta de condução válida: 24 euros 
  • Ausência de carta de aprendiz: 24 euros 
  • Ausência do registo de seguro automóvel: 24 euros 
  • Ausência da vinheta de imposto de circulação válida: 74 euros
  • Matrícula em mau estado de leitura: 49 euros 
  • Uso de um veículo atrelado que não respeite a visibilidade do condutor ou do próprio veículo: 74 euros 





Breves Mundo Há 54 minutos

Suíça. Suspeito de homicídio de português em prisão preventiva

Três suspeitos de envolvimento na morte de um português na Suíça, entre os quais o autor do homicídio, ficaram em prisão preventiva depois de terem sido ouvidos em tribunal, segundo um comunicado do Ministério Público do cantão de Genebra.

O gabinete do secretário de Estado das Comunidades Portugueses confirmou à Lusa que a vítima era um cidadão português, filho de emigrantes, e adiantou que os serviços consulares em Genebra já “contactaram a família”, a quem “expressaram condolências em nome do Estado português".

De acordo com a justiça suíça, o jovem de 22 anos foi mortalmente atingido, no sábado, com uma navalha de ponta e mola depois de uma discussão entre várias pessoas no parque de estacionamento do centro comercial Planète Charmilles.

Dois homens foram agredidos e um deles foi esfaqueado no antebraço. Duas mulheres foram ameaçadas quando tentaram usar o telefone e uma delas atirou o aparelho ao chão.

O presumível autor do crime, com 18 anos de idade, entregou-se no sábado à polícia e os dois outros participantes na briga foram interrogados para esclarecer o seu papel na agressão. Um deles terá estado na origem da altercação e o outro terá chamado o autor do homicídio para vir em seu auxílio.

A faca foi encontrada na segunda-feira em Lancy (comuna do cantão de Genebra) à beira de uma estrada.

Os três suspeitos foram ouvidos por um juiz na segunda-feira, tendo ficado em prisão preventiva até nova audição.

Lusa

Breves Luxemburgo Hoje às 11:29

Condutor tentou fugir à polícia

Um automobilista fugiu a controlos policiais esta manhã, acabando por ser apanhado após perseguição.

De acordo com a polícia grã-ducal, o condutor começou por ser notado quando se escapou a um controlo na route du Luxembourg, em Dondelingen, na direção de Bour. Uma outra patrulha organizou um controlo na N12 em Bour e, neste caso, recebendo instruções para parar, o automobilista começou por mostrar intenção de o fazer. No entanto, quando um dos agentes se dirigiu ao veículo para o abordar, o motorista acabou por arrancar, obrigando o polícia a desviar-se para não ser atropelado.

O automobilista procurou escapar-se em direção a Tüntingen ao mesmo tempo que era perseguido a mais de 100 km/hora. À entrada da localidade, a polícia começou por perder-lhe o rasto, mas viria a encontrá-lo no seu local de trabalho. Após verificações, a polícia percebeu que o automobilista não tinha carta de condução, verificando ainda irregularidades nos documentos do veículo. De imediato, o carro foi confiscado e foi aberto um processo contra o condutor.

Breves Desporto 22.01.2019

Benfica. Crimes de Vale e Azevedo prescreveram

O Tribunal da Relação de Lisboa considerou prescritos os crimes de que o ex-presidente do Benfica João Vale e Azevedo estava acusado, relativos ao desvio de dinheiro dos direitos televisivos do clube, disse hoje à Lusa fonte judicial.

Os factos imputados a João Vale e Azevedo remontavam ao final da década de 90 e o julgamento estava marcado para o início de março, mas a Relação entendeu estar prescrito o procedimento criminal.

Em causa estavam os crimes de peculato (apropriação indevida de dinheiros de instituição pública) e falsificação de documentos, relacionados com os direitos televisivos do Benfica e que envolviam a verba de 1,2 milhões de euros.

Lusa

Breves Luxemburgo 22.01.2019

Lotaria Nacional: High 5 e raspadinhas garantem aumento dos lucros

Feito o balanço de 2018, apurou-se que as vendas cresceram 2,75%, em relação ao ano anterior, embora a aposta no euromilhões - que distribui os prémios mais gordos - tenha caído 3%.

O High 5 só foi lançado em 2018 mas acabou por se revelar, rapidamente, uma aposta bastante positiva para a instituição, já que deu um contributo bastante positivo para o aumento dos lucros. Neste jogo os apostadores habilitam-se a um jackpot diário de 50 mil euros.

A venda de raspadinhas - onde sobressai o Piccobello - também continuou a crescer e a consolidar os lucros da Lotaria Nacional, até porque surgiram três novos jogos deste segmento em 2018, que garantiram um aumento dos lucros, de 15%.

De referir, ainda, que a Lotaria Nacional continuar a queixar-se da prática de jogo clandestino, através de máquinas ilegais, em inúmeros cafés - muitos deles portugueses - que provocou um quebra de 8% das receitas no popular jogo Zubito.

Os jogos da Lotaria Nacional são explorados pela “Obra Nacional de Socorro Grã-Duquesa Charlotte” e já distribuíram, nos últimos 70 anos, mais de 400 milhões de euros por associações de solidariedade social.

Um quarto do valor das apostas dos jogadores reverte para essas associações.

Avelino Gomes

Breves Economia 22.01.2019

Suspensão de voos em Gatwick devido a drones custou 17 milhões à easyJet

A transportadora aérea easyJet informou hoje que os custos devido à suspensão da operação em Gatwick, um dos aeroportos que serve Londres, devido à presença de drones, chegou quase aos 17 milhões de euros (15 milhões de libras).

Em comunicado enviado à Bolsa de Londres, a companhia precisou ter destinado 11 milhões de euros em indemnizações para os passageiros e que perdeu 5,6 milhões de euros em bilhetes, no incidente registado em dezembro.

A easyJet precisou que o incidente afetou 82 mil passageiros e provocou o cancelamento de mais de 400 voos.

Na divulgação as contas do último trimestre de 2018, a companhia aérea indicou ter transportado 21,6 milhões de passageiros, uma subida de 15,1%, na comparação homóloga, e que a faturação subiu 13,7% para 1.468 milhões de euros.

Sobre a saída do Reino Unido da União Europeia (‘Brexit’), a companhia garantiu estar bem preparada para responder ao processo e que dispõe de 130 aviões registados na Áustria.

A companhia indicou que quer a União Europeia, quer o Reino Unido comprometeram-se a assegurar que os voos continuam a operar, a partir de 29 de março, mesmo se não houver um acordo.

A pista única do aeroporto de Gatwick, o segundo mais importante do Reino Unido, esteve encerrada durante 36 horas entre 19 e 20 de dezembro, depois de registada a presença de drones.

O aeroporto tinha referido que mil voos de todas as companhias foram afetados pelo incidente, cujas consequências se fizeram sentir por três dias e atingiram 140 mil viajantes.

Lusa

Breves Luxemburgo 21.01.2019

Polícia procura assaltantes

A polícia grã-ducal pede informações sobre quatro ladrões parcialmente mascarados que, ontem à noite, cerca das 21:30, assaltaram uma casa em Bous (rue d'Oetrange).

Segundo as autoridades, os assaltantes roubaram ainda um carro Volkswagen Golf GTI de cor branca com a matrícula PT2206. A polícia pede informações sobre situações suspeitas que possam levar à captura dos quatro envolvidos que, segundo os dados fornecidos, terão idades compreendidas "entre os 20 e os 30 anos, sendo de ascendência africana".

As informações devem ser prestadas através dos números telefónicos 4997-4850 ou 113.


Breves Luxemburgo 21.01.2019

Salão do Turismo visitado por mais de 30 mil pessoas

Mais de 30 mil pessoas visitaram o Salão do Turismo, que esteve aberto ao público de sexta-feira a domingo, na LuxExpo, em Kirchberg.

Cerca de 230 empresas e operadores turísticos de vinte países marcaram presença nesta edição do certame propondo ao público novidades e promoções.

A edição 2020 do salão 'Vakanz' já tem data marcada. A feira regressa a Kirchberg de 17 a 19 de janeiro do próximo ano.