Escolha as suas informações

Preço do tabaco vai continuar a aumentar
Luxemburgo 3 min. 18.08.2022
Prevenção

Preço do tabaco vai continuar a aumentar

Pelo terceiro ano consecutivo, o tabagismo aumentou no país.
Prevenção

Preço do tabaco vai continuar a aumentar

Pelo terceiro ano consecutivo, o tabagismo aumentou no país.
Foto: Andres Simon/Unsplash
Luxemburgo 3 min. 18.08.2022
Prevenção

Preço do tabaco vai continuar a aumentar

Mélodie MOUZON
Mélodie MOUZON
Há cada vez mais fumadores no Luxemburgo. Um Plano Nacional de Saúde visa abordar o problema reforçando ações específicas no quadro da prevenção.

Fumar continua a ser um flagelo que o Luxemburgo tem de combater. Em maio, por ocasião do Dia Mundial Sem Tabaco, a Fondation Cancer publicou os resultados do seu estudo anual sobre o consumo de tabaco. Pelo terceiro ano consecutivo, o tabagismo aumentou no país. No ano passado, 28% dos residentes com mais de 16 anos de idade acenderam um cigarro, em comparação com os 26% de 2020. Destes, mais de 100.000 residentes fumam todos os dias. Isto representa 19% da população.


"Alarmante". Não havia tantos fumadores no Luxemburgo desde 2004
O maior número de fumadores está no intervalo entre os 18 e os 34 anos.

A deputada Nancy Arendt (CSV) questionou a ministra da Saúde sobre o assunto, perguntando em particular o que o governo tenciona fazer para travar o crescimento do número de fumadores no país.

Paulette Lenert explicou que não está previsto qualquer endurecimento da lei antitabaco, "mas várias ações preventivas serão realizadas no âmbito do Plano Nacional de Saúde", indicou na sua resposta, sublinhando que o governo estará particularmente atento ao cumprimento das disposições da lei. 

Plano de luta contra o tabagismo será avaliado

Este Plano Nacional de Saúde, que ainda está a ser elaborado, centrar-se-á portanto na criação de medidas preventivas específicas, "destinadas a reduzir a proporção de fumadores". No entanto, teremos de esperar pela apresentação deste plano para sabermos mais.

O governo também elaborou um Plano Nacional de Luta contra o Tabagismo (PNLT) para o período 2016-2020. 31 das 52 ações do programa em questão foram concluídas. O trabalho do PNLT foi "fortemente retardado em 2020", devido à pandemia covid-19, sublinhou a ministra, mas desde então tem sido já foi retomado. Será elaborada uma avaliação da implementação deste plano. "Serão tiradas conclusões", assegurou Paulette Lenert. Estas conduzirão à criação de um novo PNLT ou à continuação das ações estabelecidas até aqui.


O que acontece ao corpo após deixar de fumar
Deixar de fumar tem efeitos benéficos quase de imediato

Tributação ajustada todos os anos

Uma das alavancas para os Estados na luta contra o tabagismo é o aumento da tributação sobre os produtos do tabaco, o que o Luxemburgo está também a fazer, recorda a governante. "Desde a entrada em vigor da lei de 2011 sobre os impostos especiais de consumo, o governo tem aumentado todos os anos a tributação do tabaco. O imposto especial de consumo mínimo sobre os cigarros passou assim de 98 euros/1.000 cigarros, em 2011, para 124 euros/1.000 cigarros em 2022. O imposto mínimo sobre o tabaco mais do que duplicou em 11 anos (de 24,82 euros/kg para 58,5 euros/kg). Assim, o governo "continuará a ajustar regularmente para cima a tributação dos produtos do tabaco".

Embora o estudo da Fondation Cancer seja bastante alarmante, demonstrando que o aumento do tabagismo é observado em todas as faixas etárias, Paulette Lenert coloca estes números em perspetiva, ao compará-los com outros estudos sobre o mesmo assunto que mostram elementos encorajadores. 

É o caso do estudo intitulado "Comportamento de Saúde em Crianças em Idade Escolar", elaborado com apoio da OMS. Os investigadores analisaram as respostas de 7.000 jovens luxemburgueses. Desde 2010, o número de adolescentes que nunca fumaram aumentou. Em 2018, data da recolha dos últimos dados disponíveis, 78% nunca tinham tocado num cigarro.

Melhor direcionamento das ações de prevenção

O mesmo estudo refere também que, aos 14 anos de idade, 20% dos jovens já são fumadores. Esta proporção aumenta significativamente entre os 16 e 17 anos de idade, no final da adolescência. De acordo com outro inquérito europeu (European Health Inquiry Survey), a proporção da população que fuma diminui significativamente a partir dos 65 anos de idade.


Suíça aceita banir quase por completo a publicidade ao tabaco
Num referendo este domingo, 57% dos eleitores do país concordaram em proibir a publicidade ao tabaco acessível a crianças e adolescentes.

Toda esta informação é um indicador valioso para as autoridades, que podem orientar melhor a idade em que as ações de prevenção devem ser iniciadas, especialmente entre os jovens. A Fondation Cancer apela também a ações de sensibilização direcionadas entre adolescentes, pois é urgente agir "para evitar uma catástrofe sanitária" nos anos vindouros.

(Este artigo foi originalmente publicado na edição francesa do Luxemburger Wort.)

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Um em cada cinco luxemburgueses é fumador, confirmando-se a tendência de queda do número de fumadores nos últimos anos. Os dados foram revelados esta segunda-feira pela TNR-Ilres num estudo sobre o impacto da nova lei anti-tabaco.
Nos últimos anos, o número de fumadores tem diminuído