Escolha as suas informações

Preciso de teste para regressar ao Luxemburgo?
Luxemburgo 2 min. 16.12.2021
Covid-19

Preciso de teste para regressar ao Luxemburgo?

Covid-19

Preciso de teste para regressar ao Luxemburgo?

Foto: Luxemburger Wort/Anouk Antony
Luxemburgo 2 min. 16.12.2021
Covid-19

Preciso de teste para regressar ao Luxemburgo?

Catarina OSÓRIO
Catarina OSÓRIO
A dúvida paira na cabeça de muitos portugueses que se deslocam a Portugal para o Natal e Ano Novo. E no regresso ao Luxemburgo depois das festas?

Com Portugal e mais países, por exemplo a Itália, a exigir teste negativo para entrar no país mesmo para os vacinados, a dúvida pode surgir a quem regressa ao Luxemburgo no Natal. Questionado pelo Contacto para clarificar esta questão o Ministério da Saúde diz que para entrar no Luxemburgo nada muda: é preciso um de três documentos, "ou certificado de vacinação completa, ou teste negativo, ou certificado de recuperação da doença". 

Ou seja, quem está vacinado não precisa de teste adicional para entrar no país. E quem não tiver a vacinação completa ou não tiver recuperado recentemente da doença continua a precisar de teste negativo. A regra aplica-se a todos os cidadãos com mais de 12 anos e dois meses. 

O Executivo luxemburguês prolongou, aliás, esta quinta-feira as medidas sanitárias relativas às viagens aéreas para o país até 28 de fevereiro. Assim para entrar no país continua a ser necessário um de três certificados

  • Certificado de vacinação completa emitido pelo Grão-Ducado do Luxemburgo, um Estado Membro da União Europeia ou do Espaço Schengen. Os certificados emitidos por determinados países terceiros também são aceites; 
  • Certificado de recuperação emitido para pessoas que tenham tido uma infecção recente pelo SARS-CoV-2 nos 6 meses anteriores à viagem;
  • Certificado de resultado negativo (em papel ou eletrónico) de um teste PCR, TMA ou LAMP realizado menos 72 horas antes do voo, ou de um teste rápido de antigénio realizado menos de 48 horas antes do voo, por um laboratório de análises médicas ou qualquer outro organismo autorizado para o efeito. O resultado negativo do teste deve ser apresentado, se necessário acompanhado de uma tradução, numa das línguas administrativas (alemão, francês, luxemburguês) ou em português, inglês, italiano ou espanhol.

Rumo a Portugal? Onde pode fazer os testes covid-19 antes de viajar
Numa altura em que muitos portugueses viajam para Portugal para celebrar a época natalícia veja os sítios onde poderá realizar os testes no Grão-Ducado. E quanto custam.

De acordo com as autoridades mantêm-se ainda medidas sanitárias adicionais até 14 de janeiro de 2022 para todas as viagens da África do Sul, Botswana, Eswatini, Lesoto, Moçambique, Namíbia e Zimbabué. 

A partir desta quinta-feira, e na sequência de decisões recentes da Comissão Europeia, os certificados emitidos pelas autoridades de Cabo Verde, dos Emirados Árabes Unidos e do Líbano passam a ser reconhecidos no Luxemburgo. 

"Assim, os nacionais de países terceiros com um certificado comprovativo de um calendário completo de vacinação emitido por Cabo Verde, pelos Emirados Árabes Unidos ou pelo Líbano serão doravante autorizados a entrar no território do Grão-Ducado do Luxemburgo, inclusive para viagens não essenciais", informam ainda. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Certificados de vacinação voltam a ser aceites como documento isolado para poder viajar para o país. Para quem tiver de fazer teste, há alterações na validade dos testes antigénio que só passam a ser aceites feitos com 24 horas de antecedência em vez das 48 horas.