Escolha as suas informações

Polícia divulga imagens dos assaltantes de relojoaria
Luxemburgo 21.03.2018 Do nosso arquivo online

Polícia divulga imagens dos assaltantes de relojoaria

Polícia divulga imagens dos assaltantes de relojoaria

Foto: Polícia Grã-Ducal
Luxemburgo 21.03.2018 Do nosso arquivo online

Polícia divulga imagens dos assaltantes de relojoaria

A Polícia Grã-Ducal divulgou imagens de dois dos suspeitos de terem participado esta terça-feira num assalto a uma relojoaria de luxo na cidade do Luxemburgo. Os homens podem ter sido já detidos em França, mas não há confirmação das autoridades.

As fotos divulgadas pela polícia são imagens captadas pelas câmaras de videovigilância do estabelecimento, durante o assalto e o retrato-robô de um dos suspeitos.

As fotografias que mostram homens mascarados, usando chapéu e disfarçados de idosos, foram partilhadas no site e nas páginas da polícia nas redes sociais.

Foto: Polícia Grã-Ducal

Depois do assalto à relojoaria Goeres, os suspeitos colocaram-se em fuga.

Entretanto, esta quarta-feira, a imprensa nacional dá destaque à possibilidade de vários suspeitos envolvidos no assalto no Luxemburgo terem sido capturados em França durante a madrugada.

Segundo a imprensa francesa, vários criminosos foram detidos cerca das 03:00, em Arnas, uma pequena cidade ao norte de Villefranche-sur-Saone, não muito longe de Lyon, França.

Foto: Polícia Grã-Ducal

Ora, de acordo com vários meios de comunicação locais, quatro homens terão sido detidos e seriam os mesmos indivíduos envolvidos no assalto à relojoaria na rue Phillipe II, na manhã de terça-feira na cidade de Luxemburgo.

Contudo, e até ao momento, não há confirmação oficial da polícia de que sejam os mesmos suspeitos.

Foto: Polícia Grã-Ducal

De acordo com a versão francesa do Luxemburger Wort, um comunicado do Ministério Público luxemburguês emitido esta tarde afirma que "as autoridades judiciais luxemburguesas e francesas trabalham em conjunto sobre este assunto, estando em curso as diligências necessárias para estabelecer se os detidos em França são de facto os autores do roubo no Luxemburgo”.

Ainda de acordo com a imprensa francesa, o assalto à relojoaria Goeres poderá ter rendido cerca de um milhão de euros.

Qualquer informação sobre o paradeiro dos indivíduos deve ser transmitida às autoridades.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas