Escolha as suas informações

Plano de reestruturação da empresa de satélites poderá afetar até 15% dos trabalhadores
Luxemburgo 02.06.2020

Plano de reestruturação da empresa de satélites poderá afetar até 15% dos trabalhadores

Plano de reestruturação da empresa de satélites poderá afetar até 15% dos trabalhadores

Luxemburgo 02.06.2020

Plano de reestruturação da empresa de satélites poderá afetar até 15% dos trabalhadores

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
A Sociedade Europeia de Satélites, detida a 33% pelo Estado luxemburguês, deverá fechar os seus escritórios em Bruxelas, Londres, Ilha de Man, Varsóvia e Zurique.

A empresa luxemburguesa Sociedade Europeia de Satélites (SES) vai avançar com um plano de reestruturação que poderá afetar até 15% dos trabalhadores e levar ao fecho de alguns dos seus escritórios na Europa. A empresa regista perdas de liquidez e estará em negociações com a delegação do pessoal para a implementação de um plano social.

Atualmente, a empresa tem mais de 2.100 funcionários em todo o mundo, incluindo cerca de 600 na sua sede, em Betzdorf. Entre 10 a 15% do total destes trabalhadores poderá ser afetado, alguns através de despedimentos e outros através de reciclagem e transferência para outros setores de atividade, refere o jornal Luxemburger Wort, citando a porta-voz da empresa, Suzanne Ong.

Além disso, a SES, detida a 33% pelo Estado luxemburguês, deverá fechar os seus escritórios em Bruxelas, Londres, Ilha de Man, Varsóvia e Zurique. 

Fundada em 1985, a empresa é primeiro operador de satélites privado europeu e atualmente o maior do mundo.


SES com lucros em alta ligeira
A operadora europeia de satélites SES registou lucros superiores a 296 milhões de euros no ano passado, um aumento de 1,3% face a 2018.

Embora a operadora tenha declarado lucros líquidos de 500 a 600 milhões de euros por ano entre 2011 e 2017, desde então os lucros caíram para metade.  

 No ano passado, a atividade convencional de satélite diminuiu 8,5% face a 2018 e a SES viu o seu volume de negócios baixar 3,1%, para quase dois mil milhões de euros.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Lucros da SES caem 38%
A Societé Européenne des Satelites (SES) registou lucros de 596 milhões de euros no ano passado, menos 38% do que em 2016. No entanto, 2016 foi um ano particularmente positivo, já que a empresa especializada em satélites contou com uma mais-valia que resultou da compra a O3b Networks.