Escolha as suas informações

Petição que quer feriado a dia 6 de dezembro não recolheu assinaturas suficientes
Luxemburgo 31.12.2019 Do nosso arquivo online

Petição que quer feriado a dia 6 de dezembro não recolheu assinaturas suficientes

Petição que quer feriado a dia 6 de dezembro não recolheu assinaturas suficientes

Foto: Guy Jallay
Luxemburgo 31.12.2019 Do nosso arquivo online

Petição que quer feriado a dia 6 de dezembro não recolheu assinaturas suficientes

Diana ALVES
Diana ALVES
O tema não vai a debate público no Parlamento.

Foi por pouco. A petição pública que reivindica que o dia 6 de dezembro, Dia de São Nicolau, passe a ser feriado no Luxemburgo não recolheu as assinaturas suficientes no site do Parlamento.

Cerca de 4.100 pessoas subscreveram o documento no site da Câmara dos Deputados, faltando cerca de 300 assinaturas para que o tema seja levado a debate público. Mas ainda há esperança, já que falta verificar se foram recolhidas assinaturas em papel.

No texto da petição, a autora do documento, Elisabeth Gonçalves, defende que a criação de um feriado a 6 de dezembro permitiria a todas as crianças passar este dia, que faz parte do património cultural luxemburguês, com as suas famílias”.

No que toca às festividades de fim de ano no Luxemburgo, o Dia de São Nicolau é uma das datas mais aguardadas pelos mais pequenos, já que é na noite de 5 para 6 de dezembro que o São Nicolau passa pelas casas para deixar as prendas no sapatinho. No entanto, como lembra a peticionária, apenas as crianças do ensino fundamental (pré-escola e ensino básico) têm este dia livre, sendo “difícil para a maior parte dos pais tirar o dia”.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

E se o Dia de São Nicolau fosse feriado?
O Dia de São Nicolau é uma das datas mais aguardadas pelos mais pequenos, já que é na noite de 5 para 6 de dezembro que o São Nicolau passa pelas casas para deixar as prendas no sapatinho.
Petição no site do Parlamento: Portuguesa quer mais dias para pais que ficam em casa com filhos doentes
Uma portuguesa apresentou uma petição no Parlamento luxemburguês para reclamar mais dias para os pais que ficam em casa com os filhos doentes. A iniciativa já recolheu mais de 3.700 assinaturas desde que foi admitida no site da Câmara dos Deputados, no dia 25 de Janeiro. A autora da petição, a portuguesa Sílvia Gomes, defende sete dias por ano de licença familiar em vez dos actuais dois.
Actualmente, cada um dos pais tem direito a dois dias de licença familiar por ano