Escolha as suas informações

Petição Pública. Manter horário escolar das 8:00 às 13:00 em setembro?
Luxemburgo 26.06.2020

Petição Pública. Manter horário escolar das 8:00 às 13:00 em setembro?

Petição Pública. Manter horário escolar das 8:00 às 13:00 em setembro?

Foto:Guy Jallay
Luxemburgo 26.06.2020

Petição Pública. Manter horário escolar das 8:00 às 13:00 em setembro?

Susy MARTINS
Susy MARTINS
O site do Parlamento tem, desde hoje, quinze novas petições públicas, prontas a ser assinadas.

Uma das petições reivindica que os horários escolares estabelecidos durante a crise pandémica, das 8:00 até às 13:00, sejam mantidos na rentrée escolar, em setembro. Relativamente às estruturas de acolhimento, a peticionária pede que sejam mantidos os horários das 7:00 às 8:00 e das 13:00 às 19:00. 

O objetivo desta petição é, segundo a peticionária, de manter o mesmo horário durante toda a semana, evitando o stress de ter de regressar à escola às 14:00 nos dias em que há aulas da parte de tarde. Segundo Magali Funez, este horário também permitiria às crianças aceder mais facilmente às atividades extracurriculares, uma vez que iriam dispor de mais tempo livre.

Ainda na área da educação, uma outra petição pública reivindica que se mantenha os grupos escolares A e B. As turmas foram divididas no regresso às aulas em dois grupos para limitar a propagação da covid-19. Tendo menos alunos nas turmas, é mais fácil manter o distanciamento físico. No entanto, esta petição não deverá conseguir o seu objetivo, uma vez que as turmas vão novamente estar reunidas para as duas últimas semanas de escola, ou seja já a partir de segunda-feira, 29 de junho.

Um terceiro documento, ainda relativo ao ensino, da peticionária Beatriz Alves, reivindica que todos os alunos passem a usar uma farda na escola, tanto no ensino fundamental como nos liceus. Para a autora da petição, isto seria uma forma de acabar com o bullying nas escolas. Segundo Beatriz Alves, muitas crianças são assediadas porque os pais não têm meios financeiros para lhes comprar roupa de marca. Um problema que poderia ser resolvido com o uso de uniformes.

Abolir as datas obrigatórias das férias coletivas no setor da construção e lutar contra a poluição provocada pelas beatas de cigarros são outras petições que podem ser assinadas.Se as petições recolherem mais de 4.500 assinaturas até 6 de agosto, será realizado um debate no Parlamento, com os autores das petições, deputados e ministros responsáveis pelos assuntos em questão.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas