Escolha as suas informações

Pessoas que falharam convocatória para vacinação vão ter segunda oportunidade
Luxemburgo 2 min. 10.05.2021

Pessoas que falharam convocatória para vacinação vão ter segunda oportunidade

Pessoas que falharam convocatória para vacinação vão ter segunda oportunidade

Foto: Guy Jallay/Luxemburger Wort
Luxemburgo 2 min. 10.05.2021

Pessoas que falharam convocatória para vacinação vão ter segunda oportunidade

Susy MARTINS
Susy MARTINS
O objetivo do Governo é que o máximo de pessoas sejam vacinadas.

As pessoas que ainda não aderiram à campanha de vacinação, deixando passar a validade da convocatória poderão ainda ser vacinadas, caso tenham mudado a sua opinião. Com o objetivo de tentar vacinar o maior número de pessoas possível, o Governo vai assim dar uma segunda oportunidade a quem rejeitou a vacina contra a covid-19 numa primeira fase.

Na conferência de imprensa da semana passada, a própria ministra da Saúde, Paulette Lenert, admitiu o medo de muitos no início da campanha da vacinação no país. "Ainda não havia muita informação sobre as vacinas, sendo que muitas pessoas tiveram medo e não quiseram ser vacinadas na altura em que receberam a convocatória". Com mais informação atualmente disponível e mais pessoas a aderirem à vacinação, Lenert afirmou que "há agora pessoas que querem ser inoculadas contra a covid-19", e que antes tinham rejeitado essa possibilidade.

Para a ministra, o objetivo do Governo é que o máximo de pessoas sejam vacinadas mas ainda pouco se sabe sobre quando acontecerá, devido à escassez nas vacinas no país e na União Europeia no geral. A demora na entrega de mais doses à UE pode ainda comprometer o objetivo ambicioso que já tinha sido traçado pelo próprio primeiro-ministro. Bettel disse recentemente que todos os residentes deverão receber convite para vacinação antes das férias de verão, algo que está dependente das farmacêuticas que produzem os antídotos contra a covid-19.


Fotos. Bettel já recebeu a primeira dose da vacina contra a covid-19
Bettel foi um dos voluntários da campanha lançada aos residentes entre os 30 e os 54 anos para receber a vacina da AstraZeneca.

A tutela assegurou ainda quando houver mais vacinas disponíveis, "fará uma comunicação". Em antevisão, Lenert explicou ainda que a inscrição poderá decorrer da mesma forma da que decorre atualmente para os voluntários que querem ser inoculados com a vacina da AstraZeneca. Ou seja através da inscrição numa lista de espera online.  


Quem quiser uma vacina que não seja utilizada pode candidatar-se
A partir desta sexta-feira, os residentes entre os 18 e 54 anos de idade poderão inscrever-se numa nova lista voluntária para receberem vacinas não utilizadas nos centros de vacinação. Mas ao contrário da lista para AstraZeneca, a ordem de chamada será baseada na idade.

O Luxemburgo administra atualmente quatro vacinas contra a covid-19, Janssen, AstraZeneca, Moderna e BionTech/Pfizer. Segundo o balanço mais recente, já foram administradas mais de 234.000 doses de vacinas contra a covid-19.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas