Escolha as suas informações

“Penso nele todos os dias. É uma situação muito difícil”
Luxemburgo 06.09.2019

“Penso nele todos os dias. É uma situação muito difícil”

O primeiro-ministro, Xavier Bettel, durante a conferência de imprensa desta sexta-feira, depois do primeiro Conselho de Ministros após as férias de verão.

“Penso nele todos os dias. É uma situação muito difícil”

O primeiro-ministro, Xavier Bettel, durante a conferência de imprensa desta sexta-feira, depois do primeiro Conselho de Ministros após as férias de verão.
Foto: Chris Karaba
Luxemburgo 06.09.2019

“Penso nele todos os dias. É uma situação muito difícil”

Susy TEIXEIRA MARTINS
Susy TEIXEIRA MARTINS
O primeiro-ministro, Xavier Bettel, pronunciou-se hoje pela primeira vez sobre o estado de saúde do vice-primeiro-ministro e ministro da Justiça, Félix Braz. À Rádio Latina, no final do ‘briefing’ que decorreu depois do Conselho de Ministros, Xavier Bettel não escondeu a emoção e preocupação com o seu colega de Governo.

“Penso muito nele todos os dias e é uma situação muito difícil”, confiou o primeiro-ministro aos microfones da Rádio Latina.

Visivelmente emocionado, Xavier Bettel classificou como “grave” o estado de saúde do ministro lusodescendente. “Ele está num estado que se qualifica de consciência mínima”, sublinhou o governante.

Depois de na conferência de imprensa Bettel ter referido que “Félix Braz está fora de perigo”, à Rádio Latina o líder do executivo disse que a reação aos estímulos é reduzida: “há muito poucas reações” e é preciso “esperar” pela evolução clínica.

Mas Xavier Bettel mantém o otimismo. “Todos os dias há novas pequenas esperanças. Ele já respira pelos seus próprios meios”, referiu Bettel.

Quanto ao Ministério da Justiça, o primeiro-ministro anunciou hoje que a pasta foi transferida provisoriamente para a ministra da Habitação e da Cultura, Sam Tanson, igualmente do partido Os Verdes (Déi Gréng). Trata-se de uma “transferência provisória de competências”.

O primeiro-ministro disse ainda à Rádio Latina que “é importante aguardar o diagnóstico dos médicos de forma concreta, para ver como fazer”, numa alusão à governação do Ministério da Justiça. Xavier Bettel está convencido que “um dos desejos de Félix [Braz] seria que os seus dossiês [Justiça] tivessem seguimento”.


Félix Braz.
Félix Braz está "fora de perigo"
O estado de saúde do vice-primeiro-ministro e ministro da Justiça é ainda grave, garantiu o primeiro-ministro, Xavier Bettel, em conferência de imprensa.

No ‘briefing’, o líder do executivo fez questão de sublinhar que “Félix Braz foi, é e será membro deste Governo”.

O ministro lusodescedente foi vítima de um ataque cardíaco no dia 22 de agosto, quando passava férias na Bélgica. Hoje ficou a saber-se que “foi operado, num hospital em Bruges, para desobstruir uma artéria. A operação ocorreu no mesmo dia do ataque cardíaco, tendo Félix Braz sido, na altura, colocado em coma induzido”.

Esta quinta-feira, já num outro hospital belga, o ministro lusodescendente começou a respirar pelos próprios meios, tendo as máquinas de oxigénio sido desligadas, mas continua nos cuidados intensivos.



Notícias relacionadas