Escolha as suas informações

Pensões. Mais de 60 pessoas recorreram à Embaixada nas últimas semanas

Pensões. Mais de 60 pessoas recorreram à Embaixada nas últimas semanas

Foto: Sibila Lind
Luxemburgo 14.03.2019

Pensões. Mais de 60 pessoas recorreram à Embaixada nas últimas semanas

Diana Alves
O Embaixador António Gamito diz que os casos foram transmitidos à Caixa Nacional de Pensões, em Lisboa. Alguns dos processos já obtiveram resposta.

Cerca de um mês depois de o secretário de Estado das Comunidades ter apelado aos portugueses do Grão-Ducado para que peçam ajuda aos serviços da Embaixada para acelerar os processos, sessenta e cinco pessoas com pensões em atraso recorreram nas últimas semanas à Embaixada de Portugal no Luxemburgo. O número foi revelado hoje à Rádio Latina pelo Embaixador António Gamito.

Embora o apelo esteja a dar frutos, o Embaixado diz que o número fica muito aquém das expectativas. 

Dos 65 casos, 47 chegaram à Embaixada através de uma associação, 15 pelas mãos de um sindicato e três por iniciativa dos próprios cidadãos. António Gamito explica que o papel da Embaixada passa por fazer a ponte entre o cidadão e os serviços em Lisboa de forma a acelerar os processos, sobretudo os mais urgentes em que as consequências são mais graves. Exemplo disso são os casos de pessoas sem rendimentos que continuam à espera das reformas.

Em visita ao Luxemburgo, em fevereiro, o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas apelou aos cidadãos lusos com reformas em atraso para que peçam apoio à Embaixada. Na altura, José Luís Carneiro anunciou também a organização de permanências sociais no Grão-Ducado com especialistas da Caixa Nacional de PensõesAs permanências, cujas inscrições abriram hoje, realizam-se de 1 a 4 de abril na cidade do Luxemburgo e em Esch-sur-Alzette.    


A retired couple take a stroll in Enghien-les-Bains, north of Paris, August 26, 2013. France's government, which has been meeting with labour union heads about retirement issues, neared a deal with trade unions on Monday to overhaul the pension system via a slight lengthening of working lives, union chiefs said, as Europe's number two economy sought to bring a spiralling deficit under control. REUTERS/Christian Hartmann (FRANCE - Tags: POLITICS BUSINESS EMPLOYMENT SOCIETY)
Imigrantes: Tudo sobre os atrasos nas pensões
Dossier sobre os atrasos nas pensões dos imigrantes portugueses residentes no Luxemburgo.


De acordo com Gamito, alguns dos casos a que a Embaixada teve acesso já obtiveram resposta. 

Segundo o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, há atualmente há 1700 pedidos de reforma de imigrantes no Luxemburgo, havendo 460 processos com atrasos que já receberam reclamações da Caixa Nacional de Pensões do Luxemburgo.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Dúvidas sobre pensões esclarecidas
O Luxemburgo vai realizar uma nova sessão de informação sobre pensões, entre os dias 13 e 15 de fevereiro, na Caixa Nacional de Pensões (Caisse Nationale d'Assurance Pension - CNAP).
A retired woman uses a cane as she takes a walk in Enghien-les-Bains, north of Paris, August 26, 2013. France's government, which has been meeting with labour union heads about retirement issues, neared a deal with trade unions on Monday to overhaul the pension system via a slight lengthening of working lives, union chiefs said, as Europe's number two economy sought to bring a spiralling deficit under control.  REUTERS/Christian Hartmann (FRANCE - Tags: POLITICS BUSINESS EMPLOYMENT)