Escolha as suas informações

Paulette Lenert diz que fim das máscaras nos transportes pode estar próximo
Luxemburgo 2 min. 19.05.2022
Covid-19

Paulette Lenert diz que fim das máscaras nos transportes pode estar próximo

Covid-19

Paulette Lenert diz que fim das máscaras nos transportes pode estar próximo

Foto: Marc Wilwert/Luxemburger Wort
Luxemburgo 2 min. 19.05.2022
Covid-19

Paulette Lenert diz que fim das máscaras nos transportes pode estar próximo

Redação
Redação
A informação foi avançada esta quarta-feira, em conferência de imprensa, pela ministra da Saúde. A proposta poderá ser votada na Câmara dos Deputados até ao final da semana.

É mais um passo em frente na flexibilização das medidas sanitárias e no esperado regresso à normalidade. Depois de, no início do ano, deixar cair muitas restrições, nomeadamente a apresentação do CovidCheck para aceder à maioria dos locais, o Luxemburgo prepara-se agora para deixar cair a máscara nos transportes públicos. 

Em março, o uso obrigatório de máscara já tinha sido levantado para grande parte dos sítios, permanecendo em vigor apenas nos autocarros, comboios e elétricos, e também nos hospitais e lares de idosos. 


Máscaras deixam de ser recomendadas nos aeroportos e voos da UE a partir de segunda-feira
A atualização surge numa altura em que as máscaras faciais deixam de ser obrigatórias em muitos Estados-membros da UE.

"Ainda vamos avaliar a situação nos hospitais, onde existem populações mais sensíveis. Também estamos a ver o que está a acontecer no estrangeiro", explicou Paulette Lenert.

Alívio das medidas sanitárias foi antecipado

A ministra da Saúde revelou que está a ser redigido um texto "curto" que legislará o fim da obrigatoriedade do uso da máscara. A alteração à atual lei covid foi antecipada, já que as medidas sanitárias só deveriam expirar a 30 de junho.

De acordo com a governante, o projeto de lei poderá ser apresentado aos deputados ainda esta semana. O objetivo é levantar a medida "muito em breve", já que a pandemia continua a recuar no Grão-Ducado, com o número de infeções e hospitalizações estável.

Nesse sentido, será debatida também uma petição que pede a suspensão dos planos do governo para introduzir a vacinação obrigatória para maiores de 50 anos, que obteve assinaturas suficientes para ser levada ao parlamento.

Passageiros devem manter-se informados


Os trabalhadores que todos os dias atravessam a fronteira para o Luxemburgo têm de voltar a colocar a máscara assim que entram no país.
Transfronteiriços tiram a máscara nos transportes em França, mas voltam a pôr no Luxemburgo
Saiba o que muda a partir desta semana para quem se desloca nos transportes públicos no Luxemburgo e países vizinhos.

Ao longo das últimas semanas, foram vários os países a deixar cair a máscara nos transportes, nomeadamente França, o que tem levado a que os trabalhadores transfronteiriços tenham de colocar a máscara ao atravessar a fronteira para o Grão-Ducado, mesmo que esta seja opcional em território francês.

Desde segunda-feira, a máscara deixou de ser exigida também a bordo dos aviões da Luxair, mas os passageiros devem informar-se das regras nos destinos para onde viajam, pois há vários em que a obrigatoriedade se mantém, incluindo Portugal.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas