Escolha as suas informações

Patrões querem indexação dos salários negociada por setor
Luxemburgo 19.01.2017 Do nosso arquivo online
UEL

Patrões querem indexação dos salários negociada por setor

UEL

Patrões querem indexação dos salários negociada por setor

Foto: Shutterstock
Luxemburgo 19.01.2017 Do nosso arquivo online
UEL

Patrões querem indexação dos salários negociada por setor

A União das Empresas Luxemburguesas (UEL) defende um sistema de indexação dos salários negociado por setor.

A União das Empresas Luxemburguesas (UEL) defende um sistema de indexação dos salários negociado por setor.

O organismo que representa o patronato diz que não é normal haver um aumento generalizado de 2,5% para todos os trabalhadores, que não tenha em conta a produtividade de cada setor.

Escutado esta quinta-feira pela Rádio Latina, Jean-Jacques Rommes, presidente da UEL, disse que, embora a maior parte consiga fazer face ao custo da indexação, há empresas que "não têm a mesma sorte".

O presidente da UEL defende que os salários sejam compensados pela subida da inflação, mas reitera a posição do patronato nesta matéria, que não concorda com o sistema atualmente em vigor.

Os ordenados e pensões vão ser adaptados ao custo de vida no final deste mês. A última indexação remonta a outubro de 2013.


Notícias relacionadas

Os representantes do patronato referem, em comunicado, que, apesar de o aumento automático de 2,5% nos salários e pensões, a partir de 1 de outubro, melhorar o poder de compra dos cidadãos, vai prejudicar a competitividade das empresas.