Escolha as suas informações

Parlamento: Debate sobre língua luxemburguesa retomado dia 25
Lucien Welter, autor da petição pública n°698, cumprimenta o primeiro-ministro Xavier Bettel.

Parlamento: Debate sobre língua luxemburguesa retomado dia 25

Foto: Chris Karaba
Lucien Welter, autor da petição pública n°698, cumprimenta o primeiro-ministro Xavier Bettel.
Luxemburgo 17.01.2017

Parlamento: Debate sobre língua luxemburguesa retomado dia 25

O debate parlamentar sobre o papel da língua luxemburguesa no país vai ser retomado no dia 25 de janeiro, depois de dois debates que esta segunda-feira tiveram lugar no Parlamento do Luxemburgo.

O debate parlamentar sobre o papel da língua luxemburguesa no país vai ser retomado no dia 25 de janeiro, depois de dois debates que esta segunda-feira tiveram lugar no Parlamento do Luxemburgo.

“O multilinguismo [existente no país] é uma oportunidade que outros países nos invejam. Mas o Luxemburguês é a nossa língua e ela não esta a morrer”, afirmou o primeiro-ministro Xavier Bettel, durante o debate.

No final das duas sessões, sobre a preponderância do idioma luxemburguês como língua administrativa, ficou a garantia de que os deputados das Comissões das Petições e das Instituições retomarão as discussões já a partir da próxima semana. Os parlamentares prometem uma “reflexão sobre as medidas concretas a adotar no curto prazo”.

O objetivo é ter em conta algumas das reivindicações dos autores das duas petições, no que diz respeito, por exemplo, à utilização do luxemburguês nos textos legislativos, no sistema educativo e de saúde ou ainda o reconhecimento do idioma de Dicks como uma das línguas oficiais da União Europeia.

"Sim, nós acreditamos que o Luxemburguês deve ser reconhecido [como língua] a nível da União Europeia”, atirou Xavier Bettel.

Durante o debate foi notório um ponto convergente entre todos os deputados: Os parlamentares luxemburgueses consideram que é necessário promover o luxemburguês, nunca descartando a “importância do multilinguismo”.

O objetivo é agora chegar a um consenso político em matéria de medidas a adotar.

O Luxemburgo, país com menos de 600 mil habitantes, tem três línguas oficiais: Francês, Alemão e Luxemburguês.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas