Escolha as suas informações

Pandemia vai atrasar atualização do índex no Luxemburgo
Luxemburgo 04.04.2020

Pandemia vai atrasar atualização do índex no Luxemburgo

Pandemia vai atrasar atualização do índex no Luxemburgo

Foto: Shutterstock
Luxemburgo 04.04.2020

Pandemia vai atrasar atualização do índex no Luxemburgo

Redação
Redação
Prevista para Outubro de 2021, a indexação dos salários e das reformas vai ser adiada. A inflação é travada pelo surto de coronavírus e pelas medidas daí decorrentes.

A próxima indexação dos salários e das reformas no Luxemburgo estava prevista para  o  outono de 2021, mas a crise  vai provocar um atraso considerável na data apontada inicialmente.  

Calculado em relação à inflação, o índex chegará  muito mais tarde do que o previsto.  A medida,  planeada há mais de um ano, acabará por ser alterada ainda não se sabe para quando. 

A queda dos preços do petróleo, devido às restrições de circulação e às economias em estagnação, terá, também, um impacto considerável. Como consequência directa, o índice de preços de consumo baixou 0,6% entre fevereiro e março, revela o Statec.

A redução é substancial no que se refere aos produtos petrolíferos (-7%) e ainda mais importante no que se refere aos transportes (-21,2% para transportes ferroviários e -42,8% para os autocarros), números que se devem em grande parte à introdução da gratuitidade dos transportes no Grão-Ducado.

Preços dos alimentos aumentam

Estes factores fazem passar quase despercebido o aumento dos preços que se têm verificado no setor da alimentação, com especial incidência para queijos, carne, iogurtes e peixe, apesar das frutas e legumes terem sofrido uma ligeira  diminuição. 

A taxa de inflação anual é de 0,9% contra os 1,7% verificados há um mês. Devido ao confinamento, abril deverá apresentar números mais significativos, afastando ainda mais o desencadeamento da próxima indexação.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas