Escolha as suas informações

94% dos infetados no Luxemburgo não estavam vacinados contra a covid-19
Luxemburgo 26.07.2021
Pandemia

94% dos infetados no Luxemburgo não estavam vacinados contra a covid-19

Pandemia

94% dos infetados no Luxemburgo não estavam vacinados contra a covid-19

Foto: Chris Karaba/Luxemburger Wort
Luxemburgo 26.07.2021
Pandemia

94% dos infetados no Luxemburgo não estavam vacinados contra a covid-19

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Numa resposta parlamentar recente a ministra da Saúde divulgou que a quase totalidade dos casos de covid-19 no Grão-Ducado aconteceram em pessoas que não estavam vacinadas.

Na resposta Paulette Lenert refere ainda que desde o início da pandemia cerca de 26.200 pessoas residentes no país contraíram covid-19. Entre elas, apenas 3% tinham sido inoculadas com a primeira dose da vacina (entre elas o primeiro-ministro Xavier Bettel), e um pouco menos de 3% tinham já a vacinação completa.


Kirchberg
Centros de vacinação começam a encerrar a partir de agosto no Grão-Ducado
Atualmente, o autoagendamento para a primeira dose da vacina covid-19 já não é possível em quatro centros.

Paulette Lenert acrescenta ainda que não estão previstos testes aos anticorpos após a toma da primeira dose do fármaco contra a covid-19. Uma medida que poderia detetar uma infeção prévia com o SARS-CoV-2 sem o paciente se ter apercebido. 

Este teste poderia assim ser uma forma de 'poupar' uma segunda dose, mas o Governo não vê, para já, razão para avançar com a medida. A juntar a isto, não existe atualmente falta de vacinas no Grão-Ducado, sublinhou a ministra da Saúde.

Das quatro vacinas administradas na UE, incluindo no Grão-Ducado, apenas o fármaco da Janssen é de dose única. Já foram administradas no país mais de 674.000 doses de vacinas e quase 285.000 pessoas têm a vacinação completa.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas