Escolha as suas informações

OGBL denuncia que trabalhadores da CDCL têm uma semana de férias não pagas
Luxemburgo 24.09.2020

OGBL denuncia que trabalhadores da CDCL têm uma semana de férias não pagas

Imagem de arquivo

OGBL denuncia que trabalhadores da CDCL têm uma semana de férias não pagas

Imagem de arquivo
Foto: DR
Luxemburgo 24.09.2020

OGBL denuncia que trabalhadores da CDCL têm uma semana de férias não pagas

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Em comunicado, a empresa nega a acusação e garante que os dias "serão pagos".

A denúncia é da OGBL. A empresa de construção CDCL pediu e não cumpriu. Pediu para os trabalhadores ficarem uma semana suplementar de férias no verão. A delegação de pessoal aceitou, só que a semana suplementar de férias coletivas não foi paga. Uma situação que deixou a central sindical, a delegação do pessoal e os trabalhadores “em choque”. O facto de a direção da CDCL recusar o pagamento do salário completo no mês de agosto coloca os trabalhadores numa “situação financeira complicada”, diz a OGBL.

A central sindical qualifica de “inaceitável” a forma de agir da direção da empresa de construção e exige o pagamento imediato do salário total aos trabalhadores em questão.

Segundo detalha a OGBL em comunicado, a direção da CDCL pediu, a 13 de julho, à delegação do pessoal para prolongar de uma semana as férias coletivas. O motivo avançado era um problema de organização dos estaleiros.Apesar do pedido tardio em vésperas do início das férias coletivas de verão, a delegação do pessoal aceitou-o, depois de ter consultado os trabalhadores. O combinado era retribuir à empresa a semana extra de férias “nos meses a seguir” às férias coletivas.

No entanto, segundo a OGBL, a 10 de setembro os trabalhadores repararam na sua folha de salário, que tinham recebido menos 20% de ordenado no mês de agosto, ou seja o montante que corresponde à semana suplementar de férias que foi pedida pela direção.

Em comunicado, a empresa rejeita as acusações, dizendo que "é evidente que a empresa de construção pagará todos os dias trabalhados dentro do prazo previsto no acordo" feito com a delegação de pessoal.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas